Conhece as Caldas da Rainha? Vou apresentar-vos a Tronchuda

Já nasceu a Tronchuda, a mais recente criação gastronómica que promete ficar nas bocas do povo.
Depois de uma pesquisa sobre a gastronomia nas Caldas da Rainha, a ACCCRO - Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste, concluiu que não havia nenhum prato específico com identificação total a esta região. Assim, em conjunto com alguns associados especialistas na área da restauração, foram desenvolvidas pesquisas no sentido de procurar o produto com que a região se identificasse e fizesse referência a um dos locais emblemáticos da cidade, a Praça da Fruta. Região sobejamente reconhecida enquanto produtora de excelência de fruta e legumes, era preciso encontrar um produto que não depende da sazonalidade da produção e fosse uma mais-valia para o concelho, podendo ser trabalhado e apresentado das mais variadas formas.
Assim nasceu a "Tronchuda", um produto gastronómico que poderá ser convertido em entrada ou sobremesa, doce ou salgado, peixe ou carne e vegetariano, de acordo com a criatividade de cada autor. O elemento comum será a couve e o formato de apresentação será em forma de trouxa, em couve fechada. A apresentação pública deste projeto já teve lugar no passado mês de Março mas agora em Maio, mês das festas da cidade, será realizada a Mostra Gastronómica da Tronchuda, que decorrerá no período de 7 a 20 de Maio.
De acordo com comunicado da ACCCRO “Estamos a desenvolver esforços para contar com a valiosa presença de 15 restaurantes no roteiro gastronómico, contribuindo para a disseminação da cultura gastronómica caldense e para a dinamização da cidade e dos seus recursos. Temos já em vista outros eventos para o desenvolvimento do projeto, que tem ainda como objetivo impulsionar a economia local, com os diversos intervenientes no projeto nas suas distintas áreas de intervenção”.
Este projeto promovido pela ACCCRO e desenvolvido pela restauração das Caldas da Rainha promete resultar na oferta de pratos criativos utilizando sobretudo os melhores produtos naturais e o saber e a inovação dos melhores chefes caldenses.
Estou ansiosa para experimentar e ver até onde a imaginação pode levar o conhecimento dos chefs caldenses. Novos pratos baseados na cultura gastronómica e na tradição local parece-me uma excelente ideia.
Se não conhece as Caldas da Rainha recomendo que aproveite para marcar como um lugar obrigatório para conhecer brevemente. A Praça da Fruta fica localizada no centro da cidade, é um mercado ao ar livre, onde produtores locais vendem fruta, legumes, flores, artesanato, queijos, enchidos, pão, bolos e doces regionais. Para além de ir às compras (vai encher o frigorifico sem gastar muito dinheiro e vai adorar a qualidade dos produtos), aproveite, sente-se na esplanada do quiosque da praça e desfrute de um cafezinho enquanto aprecia o sol e a azáfama das pessoas. Tudo isto ao ar livre, todos os dias do ano, desde que nasce o sol até perto das 14h00. Quando o mercado acaba é tudo guardado para o dia seguinte, a praça é cuidadosamente limpa e entregue a quem por lá quiser passear.

Mensagens populares