Regressar ao Restaurante Madragoa




A Madragoa é um bairro lisboeta, que recebe os visitantes com um sorriso malandro, o que põe logo a descoberto o seu lado boémio. Todo ele virado para o Tejo namora quem por lá passa, deixa-se descobrir à medida que se percorrem as suas ruas e ruelas.

O bairro tem vindo a sofrer várias intervenções, o que é excelente pois a construção apresentava-se bastante degradada. Ganhou uma nova vida e recebe agora turistas e jovens enquanto ainda ouvimos os seus mais antigos habitantes, através das janelas das suas casas, algumas abertas de par em par.

De entre muitas das obras arquitetónicas, destaca-se o Palácio dos Duques de Aveiro, a Casa dos Marqueses de Abrantes, a Embaixada de França e o Museu da Marioneta, localizado na Rua da Esperança.

Quem chega ao Largo D. Carlos sorri de imediato ao recordar os bons velhos tempos em que uma noite feliz tinha de acabar no Xafarix. É precisamente aqui, subindo a rua, que descobrimos o que mudou na Madragoa nos últimos anos. As velhas lojas, muitas que pareciam fechadas ao publico desde há séculos, que se arrastavam pelo tempo, negras e escuras, deram lugar a novos espaços, arejados e alegres contudo, na sua maior parte, respeitadores do ADN da Madragoa. Descobrimos restaurantes com inspirações de vários cantos do mundo ao lado de lojas de roupa em segunda mão, mini mercados e ainda algumas lojas muito antigas e tradicionais. É aqui, quase a meio da Rua da Esperança e já quase a descobrir o Museu da Marioneta e o Convento das Bernardas que encontramos o Restaurante Madragoa Café  http://madragoavinhosepetiscos.com/  e a Cristina, a sua dona e alma do espaço.

Faz dia 4 de Julho 9 anos que o sonho se tornou uma realidade e que de dentro de um espaço lúgubre e decadente nasceu um novo conceito, rustico e confortável, que tem sido um sucesso, de tal forma que um pouco mais acima, passando o museu mas aproveitando o seu largo e sombra, encontramos o seu irmão mais novo, o Madragoa Vinhos e Petiscos, já a explorar mais o ambiente despreocupado do bairro.

Mas por agora ficamos pelo Madragoa Café. As receitas são as que a Cristina gosta de preparar, aquelas que que sabe que toda a gente vai gostar. Por isso é bom comer aqui, porque é como quando vamos a casa de amigos e sentimos que somos especiais. Os maiores sucessos são a Cataplana de Peixe e Frutos do Mar bem como a Cataplana de Porco e Ameijoas também a não perder o Bife à Madragoa, com molho de natas e pimenta antiga. Os vegetarianos não foram esquecidos e podem escolher entre Açorda de Cogumelos, Estufados de Legumes, Sopa Alentejana ou Sopa de Tomate, tudo preparado com os alimentos mais frescos e portugueses que é possível encontrar.

Quanto às sobremesas, a Mousse de Chocolate é mesmo boa e caseira embora tenha dificuldade em saber se gosto mais desta ou da Mousse de Alfarroba do Madragoa Vinhos e Petiscos.

Os vinhos são na sua maior parte oriundos de pequenos produtores portugueses, muitos descobertos pela Cristina e pelo Marido quando passeiam por Portugal. O azeite é também de uma pequena produção assim como os queijos servidos no restaurante.

Estes são só algumas das sugestões porque existe muito para descobrir e muitos sabores portugueses para degustar. Descobrir o que temos de melhor promovido pelo gosto de artistas, que usam a gastronomia para promover o que temos de melhor no nosso país.

Muitas vezes quando vamos a um restaurante ficamos com pena de não poder reproduzir aquela receita em casa. Quer seja em Portugal ou no estrageiro confesso que este desejo me assola com frequência. Já dei por mim a pedir receitas a guias turísticos ou a tentar fixar o sabor para tentar reproduzir estas iguarias em casa, especialmente quando tenho convidados. Quando vamos ao Madragoa não temos esse problema. A partir da inspiração do restaurante, nasceu o livro, à venda no espaço e que contem todas as receitas e todos os segredos da cozinha do Madragoa. Escrito em Português, Inglês e Francês apresenta-se num formato excelente para ter na cozinha. Cheio de grandes imagens, este livro não tem só receitas, conta-nos histórias, leva-nos a viajar pelo mundo da Cristina, um mundo onde a energia e o pensamento positivo se apresentam temperados com sabores únicos.

Da próxima vez que fizer de turista em Lisboa descubra estes espaços, vai perceber porque é que os estrageiros nos acham tão especiais.           

















     


Mensagens populares