Ciclo Turismo em França – Região de Paris



A região de Paris recebeu no ano de 2014, 45,9 milhões de turistas, sendo que para 79% deles esta não era a sua primeira vez neste local. De entre os turistas inquiridos 73% escolheram como as suas principais atividades a visita a museus e monumentos, 61% a descoberta da cidade e passeios, 38% as compras, 27% a visita a parques e jardins e 22% a descoberta da gastronomia francesa.

Dos principais monumentos visitados, 42% dos turistas não passaram sem conhecer a Torre Eiffel, 35% Notre Dame de Paris, 31% o Arco do Triunfo e 29% o Museu do Louvre.

Para além destes dados estatísticos, a Região de Paris é o primeiro destino na Europa em termos de reuniões e eventos profissionais, oferecendo as mais abrangentes áreas de exposições da Europa e acolhendo mais de 400 feiras, mil congressos e 12 milhões de visitantes profissionais.

Este pode ser considerado um destino do impressionismo pois disponibiliza uma oferta variada para qualquer turista poder acompanhar e conhecer melhor os passos dos mestres da luz; um destino de compras com grandes lojas e centros comerciais onde é possível comprar marcas conhecidas a preços reduzidos e ainda mercados de antiguidades; é um destino de história e cultura bem como um destino gourmet, onde se pode saborear comida tradicional francesa bem como viver novas aventuras culinárias; é um local com uma variada oferta de festas, bares, cabarés e casinos o que contribui para dar uma cor especial à noite da região de Paris. E por último, é um destino de grandes eventos e exposições culturais pelo que não se pode perder a oportunidade de conhecer melhor a Região de Paris.

Para este ano, as novidades a não perder são no coração de Paris, o novo bairro de Halles e o seu famoso fórum finalizaram a sua modernização com destaque para La Canoppé e os seus equipamentos públicos que passam a constituir um novo polo cultural.

Vão ser ainda novidade este ano as Villages Nature, primeiro destino ecoturístico implantado perto da Disneyland Paris.

A nível hoteleiro, destaque para a reabertura do Hotel Lotti, localizado entre a Place Vendôme e o Jardin des Tuileries e a abertura do Hotel Cheval Blanc, um novo palácio parisiense desenvolvido pelo grupo de artigos de luxo LVMH, instalado no antigo edifício da célebre loja de departamentos La Samaritaine.

Ainda em 2016, mais propriamente em outubro, o Nascimento da Cité Musicale Departementale, sobre a ponte da Ilha Seguin. É um projecto de destaque da Valleé de la Culture da região oeste parisiense;

No final deste ano está prevista a inauguração do Parfeum, um museu sensorial do perfume, vão ser 1.340 metros quadrados e um jardim no centro de Paris, criando para oferecer uma experiencia inédita a nível cultural e sensorial.  

Por fim, e ainda no final deste ano, a La Monnaie de Paris completa a sua renovação com novos estabelecimentos comerciais que irão celebrar a arte de viver e uma brasserie dirigida por Guy Savoy.

A nível de encontros culturais, desportivos e festivos este ano também se esperam muitas novidades, a começar já em fevereiro, de 27 deste mês até 6 de marco decorre o Salão Internacional de Agricultura em Paris Expo, Porte de Versailles; de 31 de março a 3 de abril, a Art Paris Art Fair no Grand Palais; de março a outubro, no Château de Versailles Espetáculos de águas e luz; de 1 a 3 de abril, as Jornadas europeias de ofícios das artes; no dia 3 de abril, a Maratona de Paris Schneider Electric; de maio a outubro as Noites à luz de velas no Château de Vaux-le-Vicomte; em maio deste ano a Noite europeia dos museus; de 22 de maio a 6 de junho, o Torneio de Roland Garros; de 29 de junho a 29 de setembro as Liquidações de verão; no final de junho o Weather Festival, nos meses de junho e julho, no Parc Floral de Paris, o Paris Jazz Festival; de junho a setembro, o Château de Versailles volta a animar-se, desta vez com um Espetáculo de fontes noturno; no dia 21 de junho a Festa da Musica, no final e junho o Barrière Enghien Jazz Festival; no final do mês de junho o Solidays e no dia 25 de junho as ruas vão ganhar muita cor e animação com a Parada Gay; de 30 de junho a 3 de julho o Alstom Open de France-Golfe no Golf national de Saint-Quetin-en-Yvelinese; e 14 de julho que é o grande dia da Festa Nacional de França. Continuando, de meados de julho a meados de agosto paris celebra o verão com as Praias de Paris e desde o fim de julho até ao fim de agosto em La Villettte é altura de aproveitar as sessões de Cinema ao ar livre. Continuando a aventura de conhecer a região de Paris, no dia 24 de julho é a Chegada do Tour de France aos Champs-Elysées; de início de agosto até meados de setembro o Festival Classique au Vert no Parc Floral de Paris; no final de agosto o Rock en Seine no Domaine nacional de Saint-Cloud; no início de setembro o Paris Design week; em setembro deste ano as Jornadas europeias do património, em meados de setembro a Techno Parade; de 23 a 25 de setembro a Festa da gastronomia; dia 1 de outubro é altura da Niut Blanche e no inicio de novembro o BNP Paribas Masters no Bercy Arena.  

Então, surpreendido? E se eu disser que ainda faltam os eventos? De 7 de maio a 18 de junho o Monumenta no Nef du Grand Palais; de10 de junho a 10 de julho, o futebol está em festa em Paris com o UEFA Euro 2016 no Stade de France, Saint-Denis, Parc des Princes em Paris e de 1 a 16 de outubro o Salão Mundial do Automovel no Paris Expo, Porte de Versailles.

Por ultimo, as exposições que não pode perder este ano em Paris são: de 10 de março a 30 de maio, Hubert Robert no Museu do Louvre; de 10 de março a 3 de julho, L´art et L´Enfant. Chefs-D´Oeuvre de La Peiture Française no Museu Marmottan Monet; de 18 de março a 25 de julho Monet, Renoir, Pissarro, Boudin, Gauguin…En Normandie-L´Atelier en Plein Air no Museu Jacquemart-André; de 22 de março a 17 de julho Le Douanier Rousseau. L´Innocence Archaique no Museu d´Orsay; de 30 de março a 21 de setembo The Velvet Underground pela Filarmónica de Paris; de 6 de abril a 1 de agosto Paul Klee. L´Ironie à L´Oeuvre no Centro Pompidou; de 6 de abril a 24 de julho Napoléon à Sainte-Héléne no Museu de l´Armée-Hôtel national des Invalides e de 12 de abril a 24 de julho Mata Hoate, Art et Société aux Iles Marquises no museu du quai Branly- Galerie jardin.

Tudo isto está previsto acontecer este ano na Região de Paris, este resumo é só uma pequena amostra de tudo o que irá acontecer e que valerá a pena sentir ao vivo, marcando presença por lá.

Fica aqui o convite, aproveite e vá conhecer melhor esta região que fica tão próxima de Portugal.

Comentários