Hotel Valverde – Quando um Hotel É Também Um Mundo Perfeito


Quando penso que já não há nada para descobrir, especialmente em Lisboa, eis que a realidade me surpreende mostrando que não há limites para o bom gosto.

Discretamente instalado no 164 da Av. Da Liberdade, o Hotel Valverde parece um cenário de um filme emblemático dos tempos áureos de Hollywood, em que as estrelas de cinema ditavam a moda, onde o glamour fazia parte do seu quotidiano, criando um imaginário que se perdeu na bruma dos tempos.

É exatamente assim que vejo este Hotel, uma surpresa inesperada, a descobrir com muito cuidado, uma beleza pura, à nossa disposição, nem que seja para apreciar um brunch ou desfrutar de uma refeição, enquanto se aprecia um pouco de Fado, numa noite de encanto lisboeta.

O espaço, tratado com todo o cuidado, conduz-nos como se se tratasse de uma residência , um lugar único, decorado de uma forma clássica, onde se descobrem, até nos pequenos detalhes,  obras de arte, antiguidades, moveis contemporâneos e outros verdadeiros clássicos. Mesmo sem darmos conta tudo nos conta uma história, remetendo-nos para uma realidade onde se mistura a tranquilidade, o glamour e a elegância.

A decoração do hotel esteve a cargo de José Pedro Vieira e Diogo Rosa Lã, responsáveis pela  recuperação do edifício e que tornaram o espaço numa espécie de casa ampliada, recriando um ambiente intimista. Cada quarto tem uma cor diferente, sempre dentro do estilo da típica casa Lisboeta, ainda para descobrir um pátio fabuloso onde se descobre um ambiente  familiar e confortável.
Sugestão a ter em conta: na próxima oportunidade, seja para desfrutar de uma noite num hotel de luxo ou para saborear uma refeição, coloque o Hotel Valverde no seu roteiro, vai ficar surpreendido.



( fotos cedidas pelo hotel)