Dicas Para Tirar Fotos Dadas Por Quem Percebe Pouco Disto

(Foto: Teresa Leal)

Não tenho nenhum curso de fotografia mas tenho pena.
Comecei sozinha, totalmente por intuição e com muito medo, no dia em que uma amiga me colocou a sua máquina fotográfica na mão antes de uma viagem em serviço. Também foi ela que me pôs a escrever feita doida, de tal forma que nunca mais parei mas essa história fica para outra altura.
Na véspera dessa viagem e nuns 15 minutos aprendi o muito básico e lá fui eu. A medo fui tentando e apagando e quase por acaso consegui ao longo destes anos umas fotos giras. Confesso que ainda tenho uma grande dificuldade: tirar fotos comigo lá dentro, não sei, lembro-me sempre daquela tribo em África que achava que quando tiram fotos lhes roubam a alma e por causa desse pensamento fico sempre com um sorriso forçado e um ar desconfortável, raramente gosto de uma foto minha, vejo estampado no rosto o medo de perder a alma no segundo seguinte.  
Continuo a funcionar por intuição mas ao longo dos tempos fui aprendendo umas coisas, recentemente li uma informação sobre as maravilhas da maquina fotográfica do Samsung Galaxy S9 e S9+ e achei que resumia de uma forma muito simples algumas das coisas que aprendi  sozinha pelo que não resisto em partilhar.
Em qualquer local do mundo um dos momentos mágicos para fotografar é durante a chamada “hora dourada”,  o curto período de tempo que surge logo após o nascer do sol ou antes do pôr-do-sol, durante o qual a luz do dia é mais avermelhada e mais suave que aquela emitida pelo sol quando está mais alto. Este tempo é precioso para os fotógrafos, pois a luz é diferente de qualquer outra e incapaz de ser replicada sem o uso de software ou filtros de pós-edição.
De facto hoje em dia já não precisa de ter uma excelente camara para tirar fotos como os profissionais, os telemóveis, tão fáceis de transportar e que já vão connosco para todo o lado estão cada vez a apostar mais nesta facilidade e com os avanços registados na fotografia tirada com um telemóvel consegue criar fotografias com um nível profissional, sem equipamento extra.
O conhecido fotógrafo alemão Uli Weber, famoso por fotografar celebridades como Kate Moss e Sting, criou uma série de fotografias específicas em ambientes com pouca luz, recorrendo apenas aos Samsung Galaxy S9 e S9+, mostrando como é fácil tirar fotografias incríveis nas férias e captar a impressionante beleza dos ambientes com pouca luz, sem recorrer a quaisquer filtros.
Deixo-vos algumas dicas dele sobre a “hora dourada”, acredite que pode ser fácil conseguir excelentes resultados:
Comece por escolher o melhor ângulo. Se estiver a tirar fotos no exterior tente garantir que o sol está a cerca de 90 a 180 graus de um lado, para obter a melhor 'profundidade de luz'. A partir do momento em que começar a reparar na forma como a luz influencia a fotografia, este pensamento vai enraizar-se e tornar-se natural. Vai começar a ver tudo de forma diferente.
 
Outra dica, mude a sua perspetiva. Durante a hora dourada sentimos a tentação de fotografar o pôr-do-sol, em vez do ambiente que nos rodeia. Aproveite este brilho dourado para fotografar os objetos do dia-a-dia com uma luz diferente. Fotografe virado para a linha da costa e não virado para o mar, ou enquadre na sua fotografia elementos de cores vibrantes, sejam chapéus-de-sol, palmeiras ou edifícios.
Por fim não se mexa! Muitas vezes existe a tentação de se mover de um ponto para outro durante a hora dourada, mas pelo facto de o cenário estar constantemente a mudar, é melhor permanecer sempre no mesmo local. As sombras vão transformar gradualmente o cenário e vão eventualmente dar-lhe a foto perfeita para as suas redes sociais.
Amanhã vai estar sol, aproveite estas sugestões, vai ver que nem é difícil tirar umas boas fotos!

Mensagens populares