Vamos Sair?

Almada
Até dia 3 de junho, há vinhos de mais de 20 produtores nacionais e iguarias confecionadas pelos restaurantes da Trafaria para saborear. Ao longo dos três dias, há ainda música e animação para todos os gostos, sempre com a vista sobre o rio Tejo como pano de fundo.
Para saber mais sobre o centro histórico e o antigo Presídio da Trafaria, há visitas guiadas realizadas pelo Centro de Arqueologia de Almada, no dia 2 de junho pelas 16h, e no dia 3 pelas 15h. A participação é livre.
O encerramento do Trafaria (Com) Prova 2018 fica a cargo da Roda de Choro de Lisboa – um grupo de músicos portugueses e brasileiros dedicados a tocar o Choro, música popular brasileira –, na tarde de 3 de junho, pelas 19h.
Ao longo dos três dias, a animação itinerante é feita pela companhia XPTO, com os Banhista, e nos dias 2 e 3 pelos Almada Street Band.
 
 
Nos dias 2 e 9 de junho, sábado, o Solar dos Zagallos, uma quinta de recreio do século XVIII situada na Sobreda, recebe a sua festa anual, dedicada aos Saberes, Sabores e Memórias.
Nas Asas do Amor é o tema da Festa no Solar em 2018. Música, dança, exposições, oficinas de olaria, azulejaria, reutilização de materiais ou modelagem para toda a família, jogos e ofícios tradicionais são algumas das animações propostas.
Haverá também uma Feira de Artes e produtos gastronómicos para degustar.
No dia 9 de junho, a partir das 21h30, os jardins do Solar dos Zagallos são palco do espetáculo Uma Noite de Verão. O amor, a comédia e uma áspera magia vão encher o ar, enquanto o sonho se mistura com a realidade. Uma adaptação da peça Sonho de Uma Noite de Verão, de William Shakespeare pela Produções Acidentais Associação Cultural, em parceira com a Universidade Sénior D. Sancho I.
Arcos de VAldevez
A Associação dos Vinhos de Arcos de Valdevez e o Município de Arcos de Valdevez organizam o III FESTIVINHÃO – Festival Enoturístico de Arcos de Valdevez, até 3 de Junho, em Arcos de Valdevez.
Este evento conta com o apoio da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Escola Profissional do Alto-Lima, Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, Confraria do Vinho Verde e Associação de Municípios Portugueses do Vinho.
O Festival decorre no centro histórico da Vila, no Jardim dos Centenários, contando com espaço de exposição, espaço de provas de vinhos e apresentações, tasquinhas de petiscos, animação de palco, animação de rua, curso de iniciação à prova de vinhos, percursos turístico-gastronómicos pela Vila, visitas a Quintas/Adegas e oferta turística e cultural diversa. O Festival incluirá este ano a I Edição da ‘Rainha das Vindimas Arcos de Valdevez’ e integrará também a selecção do ‘FESTIVINHÃO’18 Vinho do Ano’.
 Caldas da Rainha
No âmbito do Evento “Flower Bike City 2018 – 2ª Edição”, vai realizar-se amanhã, dia 2 de junho, um desfile, com a designação de “RED CARPET – Flower Bike City 18”.
Assim, vão ser colocadas algumas das bicicletas que aderiram ao evento em exposição em três locais:
- Rua Almirante Cândido dos Reis;
- Rua Dr. Júlio Lopes;
- Largo Frederico Pinto Bastos.
O “RED CARPET – Flower Bike City 18” tem como objetivo finalizar o evento “Flower Bike City” de uma forma memorável destacando assim a cidade das Caldas da Rainha, como uma cidade dinâmica, colorida e apelativa.
 
Évora
A Praça do Giraldo, em Évora, volta a ser o palco do ÉvoraWine para esta 5ª edição que decorrerá no próximo fim-de-semana, dias 2 e 3 de Junho. Este ano com o mote “uma verdadeira montra de Vinhos Alentejanos” a iniciativa contará com a presença de 40 produtores e com mais de 200 vinhos do Alentejo à prova.
Este é também um momento, que como vem sendo já habitual, tem como principal objetivo aproximar os visitantes da essência dos produtos alentejanos - desde vinhos, azeites e outros produtos regionais - que são o que de melhor se faz no Alentejo. É também um momento em que os visitantes podem conhecer as novas colheitas, bem como contactar com produtores e enólogos.
 
Lisboa
A Orquestra Gulbenkian regressa à Praça do Comércio e traz consigo jovens músicos da Orquestra Geração, numa noite dedicada a composições que se inspiram em vários períodos da história da humanidade, marcada por guerras e pela celebração da paz, e que abre as Festas de Lisboa’18. Com os olhos postos no futuro, a Orquestra Gulbenkian e a Orquestra Geração passam em revista as grandes composições que evocam a guerra e os feitos históricos do passado. Da Abertura 1812, composta por Tchaikovsky para celebrar o fracasso da invasão francesa à Rússia, à banda sonora de Star Wars, composta por John Williams, a Praça do Comércio vai ser pequena para os grandes sons da História.
 
Marinha Grande
A Casa da Cultura Teatro Stephens, na Marinha Grande, recebe o espetáculo de música e poesia “Flor de Lácio”, o teatro infantil “Caminho Marítimo para a Desgraça” e o concerto de “Duo Campos” no mês de junho.
CASA DA CULTURA TEATRO STEPHENS:
9 de junho .  21h30
FLOR DO LÁCIO | Espetáculo de música e poesia o Dia de Portugal, Camões e Comunidades Portuguesas
Sinopse |
A Flor do Lácio assinala e celebra a receção da língua portuguesa como especiaria não declarada nos manifestos da carga transportada no bojo das caravelas e dos navios negreiros. Canções bem conhecidas do público convivem com textos e poemas que as inspiraram, e alguns poemas, porventura menos conhecidos, inspiraram novas canções. O título remete para o poema do poeta brasileiro Olavo Bilac, “Soneto para a Língua Portuguesa”, à qual ele chama “última flor do Lácio”, uma língua aí metaforicamente descrita como sendo a última flor a brotar da árvore da raiz latina.
A lista de autores inclui Caetano Veloso, Camões, Bernardo Soares, Oswald de Andrade, João Melo, Luandino Vieira, José Craveirinha, Chico Buarque, Ruy Guerra, Fernando Pessoa, Agostinho Neto, Murilo Mendes, Casimiro de Abreu, José Paulo Paes, Natália Correia, Olavo Bilac, Jorge Vera-Cruz Barbosa, Vasco
Graça-Moura, Joaquim Nabuco, Jorge de Lima e António de Castro Alves.
 
Ficha Artística |
André Gago – Voz e flauta
Carlos Mil-Homens – Percussão
João Penedo – Viola
Pedro Dias – Guitarra Portuguesa
Duração | 60m
Classificação Etária | M/6 anos
Preço | 5€
 
16 de junho . 16h00
CAMINHO MARÍTIMO PARA A DESGRAÇA . Teatro infantil
Sinopse |
No dia 7 de julho de 1497, Lisboa estava nos preparativos para a saída das naus de Vasco da Gama rumo à Índia: enfeitavam-se as ruas, ensaiavam-se cantos, assava-se o porco e, como culminar do festejo, enforcavam-se dois bandidos. Imperava um clima de esperança e alegria, mas havia algo que unia aquele lindo porco que já rodava no espeto e aqueles dois tristes bandalhos: ambos iam morrer inocentemente para que a festa pudesse prosseguir.
No entanto, a vida reservou-lhes uma última tentativa, quando o dedo grande do pé já mal chegava a tocar no estrado, chegou-lhes a boa nova de que poderiam ser homens livres se embarcassem com a frota do Vasco da Gama até à Índia e voltassem. É disto que o “Caminho Marítimo Para a Desgraça” fala - daqueles que através do seu infortúnio construíram os grandes feitos dos quais ainda hoje nos podemos orgulhar.
 Ficha Artística e Técnica|
Produção DRA MAT
Direção artística e musical - Hugo Inácio e Telmo Ferreira
Intérpretes - Hugo Inácio e Telmo Ferreira
Desenho de luz - Club.e - Pedro Santos & Tadeu Silva
VÍDEO ART - Bianca Ferreira
Duração | 60m
Classificação Etária | M/6 anos
Preço | 3€
 
22 de junho . 21h30
DUO CAMPOS - LUCIANO
Sinopse |
O trabalho de Luca Luciano tem sido descrito como “romântico, emotivo e tecnicamente soberbo”. Com um repertório que abrange mais de dois séculos de música ocidental, Luca é considerado um dos músicos mais versáteis de sua geração. Luciano apresenta novos trabalhos (ou suas composições ou músicas especialmente escritas / arranjadas para ele) e raramente tocava em alguns dos locais mais estabelecidos do Reino Unido, Europa e América. Ele é principalmente ativo como artista solo apresentando projetos originais através de concertos e recitais. A sua experiência inclui performances de TV e rádio, master-classes, cinco álbuns a solo, com orquestra e música de câmara.
José Henrique de Campos é mestre em música pela Universidade de São Paulo. Foi convidado para diversos festivais, seminários e simpósios de violão no Brasil e no exterior, como o 24º Festival de Brasília, o 34º Festival de Inverno de Campos do Jordão e o 1º Intercâmbio Brasil-França. Lançou dois álbuns aclamados pela crítica e tem levado a sua música regularmente pelo Brasil, América Latina e Europa. Nos últimos três anos a dupla tem-se dedicado a concertos tocando no St. Martin in the Fields em Londres, Cambridge University, Festival Internacional Guitarres en Picardie França e na Dinamarca para o Projeto LMS.
 
Ficha Artística |
Luca Luciano – Clarinete
José Henriques Campos – Guitarra
Duração | 60m
Classificação Etária | M/6 anos
Entrada gratuita sujeita a levantamento de bilhete e lotação da sala
Este espetáculo está inserido na Candidatura CIMRL Região de Leiria Rede Cultural
 
Melgaço
De 05 a 10 de junho, Melgaço convida à descoberta da região, aqui existem todas as condições para atividades de Turismo de natureza, não fosse este concelho estar situado na Área Protegida mais importante de Portugal, o PNPG – Parque Nacional Peneda Gerês, consagrado pela UNESCO Reserva Mundial da Biosfera, e o ‘Pegada Zero – III Jornadas de Turismo de Natureza – PNPG – Melgaço 2018’, é uma excelente sugestão para se descobrir as potencialidades da região, através de diversas atividades.
Melgaço é um destino de natureza por excelência, com caraterísticas geográficas e geológicas que lhe concedem uma posição de destaque de entre todos os subdestinos do Porto e Norte de Portugal, onde é possível praticar os desportos de rio e montanha mais exigentes, durante todo o ano. São muitas as alternativas para se viverem fantásticos momentos: sejam eles gastronómicos, radicais, em volta da natureza e mesmo da cultura e património. O Rio Minho (Rede Natura), o PNPG, a deliciosa gastronomia e o saboroso alvarinho, sem nunca faltar momentos de puro relaxamento no seio da natureza, são excelentes cartões de visita para um convite a Melgaço.
O evento tem início com o Colóquio ‘Rios e Montanha, Aventura e Segurança’, no dia 05 de junho de 2018 (09h30), Dia Mundial do Ambiente, no auditório da Porta do PNPG, em Lamas de Mouro. Durante esta ação, especialistas da área vão abordar diversos temas e comprovar que em Melgaço é possível viver momentos de aventura e adrenalina com segurança:
• António Mosquera, Parque Natural Baixa Limia-Serra do Xurés: ‘A Reserva Transfronteiriça Gerês/Xurês, Reserva Mundial da Biosfera’
• Daniel Frey, Green Growth – The Way To Go, Consultadoria Especializada em Destinos Sustentáveis: ‘Turismo de natureza – a Perspetiva Sustentável para Destinos’
• Rui Simão, ADXTUR- Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto’: ‘Aldeias do Xisto: A viagem, a descoberta e os desafios’
• Carlos Sá, Carlos Sá Nature Events: ‘A importância dos Eventos Desportivos na Dinamização da Economia Local – Peneda Gerês Trail Adventure’
• 1º Sargento António Rui Tavares, Força Aérea Portuguesa, Base Aérea nº 6: ‘Risco na Prática de Atividades de Natureza - A Missão da Esquadra 751 Busca e Salvamento’
• Manolo Taibo, Federación de Deportes de Montaña, Escalada y Senderismo del Principado de Astúrias: ‘Acidentes no Meio Natural, Presente e Futuro’
Sónia Almeida (Adere-PG) e António Brandão (ESDL – Escola Superior de Desporto e Lazer de Melgaço, IPVC), serão os moderadores das palestras.
Programa:
Sábado - 09 de junho
08h45
‘O Parque em imagens - Tour transfronteiriço de fotografia’ (20€ - Just Natur)
Ponto de encontro: Posto de turismo de Castro Laboreiro
Duração: Todo o Dia
Descrição: Circuito com saída de Castro Laboreiro e deslocação a Entrimo, para caminhada e fotografia na natureza com os fotógrafos Carlos Rio (Fotografia de Natureza) e Rui Farinha (Fotojornalismo e natureza). A manhã será dedicada ao lado espanhol do Parque, em bosques encantados e cascatas. Será servido um almoço volante de campo, com produtos regionais, bebidas e sobremesa. A parte da tarde será em Castro Laboreiro, com tour a pontos de interesse através de caminhada e fotografia por recantos encantados.
9h30 e 15h00
Rafting no Rio Minho (25€ - Melgaço Radical e Melgaço WhiteWater)
Ponto de encontro: Centro de Estágios de Melgaço
Canyoning Rio Laboreiro (25€ - Montes de Laboreiro)
Ponto de encontro: Parque de Campismo de Lamas de Mouro
Domingo - 10 de junho
Campeonato Nacional de BTT XCM - III Maratona BTT Vila de Melgaço
Três percursos, por magníficos locais da região, entre os quais o PNPG, fazem as delícias dos entusiastas desta modalidade:
·         Maratona Elite | Campeonato Nacional de XCM Maratonas 2018 - 90km
·         Maratona Curta - 67 km
·         Meia Maratona - 43km
Inscrições - www.acm.pt
A participação tem um custo de 10,00€ e é possível até às 24 horas do dia 06 de junho.
 
Portimão
O fadista Marco Rodrigues estará no dia 9 de Junho, às 21h30, no Teatro Municipal de Portimão (TEMPO) para apresentar ao vivo “Copo Meio Cheio”, o seu novo disco, sucessor de “Fados do Fado”, nomeado para um Grammy Latino.
A apresentação deste concerto em Portimão resulta de uma parceria entre o TEMPO e a Turevents, uma unidade de negócios da Polotur Group, que pretende promover eventos de qualidade no Algarve, sobretudo na época mais baixa, tentando não só combater a marcante sazonalidade da região bem como poder proporcionar espetáculos para os residentes no Algarve.
“Copo Meio Cheio” é um trabalho desafiante que levou o fadista a convidar uma série de compositores e letristas da música pop nacional, como: Diogo Piçarra, Agir, Carlão, Capicua, Luísa Sobral, Marisa Liz e Tiago Pais Dias (Amor Electro), Guilherme Alface e João Direitinho (ÁTOA), Boss AC, Pedro da Silva Martins (Deolinda), entre outros.
Com produção de Tiago Machado, “Copo Meio Cheio” não é um disco de fado, não é um disco de pop, é um disco de Marco Rodrigues, onde a sua identidade e a sua incrível capacidade interpretativa se encontram mais definidas do que nunca.
Em palco, acompanhado por um irrepreensível trio de fado e um set de bateria e percussão, Marco Rodrigues apresentará, para além de alguns temas deste mais recente álbum, muitos dos sucessos que marcaram a sua carreira como “Homem do Saldanha” e “Rosinha dos Limões” e alguns fados tradicionais incontornáveis.
Os bilhetes custam entre 14 e 16 euros e podem ser adquiridos em tempo.bol.pt, na bilheteira do TEMPO de Terça a Sábado entre as 13h30 e as 18h00 e em dias de espectáculo até às 22h00, ou nos locais aderentes à rede BOL, nomeadamente FNAC, WORTEN, CTT, Pousadas da Juventude, El Corte Inglês, Lojas Note!, Rede Serveasy.
  
Setúbal
O Centro Interpretativo do Roaz do Estuário do Sado é inaugurado a 5 de junho, Dia Mundial do Ambiente, às 11h30, na Casa da Baía, em Setúbal.
O serviço, instalado na antiga Galeria de Exposições da Casa da Baía, pretende dar a conhecer melhor a população de cetáceos residentes no Estuário do Sado, única em Portugal e atualmente composta por cerca de três dezenas de membros.
Um painel interativo, um esqueleto de um roaz-corvineiro com várias informações e dois painéis interpretativos com conteúdos sobre os golfinhos e o território natural que exploram, o Estuário do Sado, compõem este novo equipamento.
O Centro Interpretativo do Roaz do Estuário do Sado, projeto da Câmara Municipal de Setúbal com os apoios do Ministério do Ambiente, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e do Troia Natura, pode ser visitado, gratuitamente, de segunda a quinta-feira e ao domingo, das 09h00 às 20h00, e à sexta e ao sábado, das 09h00 às 23h45.
  
Redondo
António Chainho é um dos mais notáveis embaixadores da guitarra portuguesa. Os mais de 50 anos de carreira recentemente celebrados traduzem as múltiplas emoções deste instrumento único no mundo e o talento inigualável de um dos “50 músicos mais influentes da World Music”, segundo a revista internacional Songlines.
 No dia 10 de junho pelas 16h00 pode assistir a um espetáculo dado por este excelente artista. A entrada tem um custo de 5€.
 

Mensagens populares