Sugestões de Teatros e Museus


Destaques em Lisboa
Teatro S. Luiz
De 11 a 20 de maio, no Teatro Municipal S. Luiz, pode assistir ao FIMFA, Festival Internacional de Marionetes e Formas Animadas.
Museu da Chapelaria
VISITAS TEMÁTICAS GRATUITAS | 18 de maio
No dia 18 de maio,  às 11h e às 15h, o Museu da Chapelaria organiza uma visita temática  na qual antigos chapeleiros dão a conhecer algumas das histórias vividas dentro desta indústria.
Para participar nestas visitas deverá fazer uma inscrição prévia através do email museu.chapelaria@gmail.com ou pelo telefone 256  200 206.
 “O ÚLTIMO TURNO” | 19 de maio
Procurando reunir, num único espetáculo, o momento em que a indústria da chapelaria e a do calçado se ‘encontram’ e coincidem na história de S. João da Madeira, o espetáculo de teatro “O Último Turno” será dedicado aos principais acontecimentos sociais, políticos, culturais, desportivos e económicos de S. João da Madeira nas décadas de 1960 e 1970.
“PEDDY PAPER COM PÉS E CABEÇA” | 20 de maio
Ao longo da manhã decorre no Museu da Chapelaria e no Museu do Calçado um peddy paper que levará os participantes a descobrirem histórias ocultas.  Pistas, umas verdadeiras e outras falsas, irão conduzir as equipas ao longo de um percurso mágico. Usar os pés e a cabeça é obrigatório.
Atividade gratuita mediante inscrição prévia. Inscrições abertas até ao dia 18 de maio.
“CHÁ DAS 5, DO CHAPELEIRO MALUCO” | 20 de maio  | 16h00
O Chapeleiro Maluco, da Alice no País das Maravilhas, é o chapeleiro mais famoso do Mundo. E o seu Chá das 5 é a mais louca Festa do Chá. O Museu da Chapelaria vai receber o Chapeleiro Maluco e a sua louca festa do chá mas, antes desta, os nossos convidados vão ter que se preparar para se tornar os personagens desta louca história de encantar.
Atividade gratuita mediante inscrição prévia obrigatória. Inscrições abertas até dia 19 de maio.
Museu Nacional de Arqueologia
O MNA junta-se à comemoração do Dia Internacional dos Museus e à Noite Europeia dos Museus, abrindo portas nas noites de 18 e 19 de maio, apresentando diversas iniciativas dirigidas aos mais variados tipos de público e enquadradas no tema "Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos": 
Visita guiada "Antiguidades Egípcias: A Mumificação e a Máscara Funerária"
 No Antigo Egipto acreditava-se que após a morte, os justos, podiam viver eternamente no Além. Mas, para se alcançar a eternidade era fundamental preservar o corpo do defunto e colocar-lhe na cabeça uma máscara funerária. A apresentação da exposição das Antiguidades Egípcias é o convite para a descoberta do ritual da Mumificação.
 Público alvo: 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico
 Sujeita a inscrição prévia, até 14 de maio. Número mínimo de 10 participantes. Número máximo de 20 participantes
 Dia 18 às 10h30; 21h00.
 Dia 19 às 11h00.
 
Ateliê "A Máscara entre o real e o imaginário: Viagem no tempo e no espaço"
 A máscara ibérica é característica da cultura popular de Portugal e de Espanha e revela-se sob muitas formas e representações. Perde-se na memória do tempo a utilização deste acessório destinado a cobrir o rosto e muitas culturas lhe atribuíram propósitos religiosos, lúdicos, artísticos e práticos. Nesta oficina, convidam-se os participantes a “viajarem no tempo e no espaço ” decorando uma máscara da sua eleição.
 Público alvo: Público em geral
 Dia 18 entre as 10h30 e as 12h30, 14h30 e as 18H00 e as 21h00 e as 23h00.
 Dia 19 entre as 10h30 e as 12h30, 14h30 e as 18H00 e as 21h30 e as 23h00.
 Dia 20 entre as 10h30 e as 12h30 e as 14h30 e as 17H00.
 
Visita guiada "Os Romanos no Ocidente da Península Ibérica – O teatro e a máscara"
 A exposição das Religiões da Lusitânia é o ponto de partida para explorar o processo de romanização do atual território português e descobrirmos a arte de representar em Roma.
 Público alvo: 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico
 Sujeita a inscrição prévia, até 14 de maio. Número mínimo de 10 participantes. Número máximo de 20 participantes
 Dia 18 às 11h00; 21h30.
 
Visita guiada "Loulé, Territórios, Memórias e Identidades"
 A exposição Loulé, Territórios Memórias e Identidades é o “cenário” para a descoberta da história atualizada da ocupação humana do território de Loulé, desde a Pré-História à Baixa Idade Média
 Público alvo: 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico
 Sujeita a inscrição prévia, até 14 de maio. Número mínimo de 10 participantes. Número máximo de 22 participantes
 Dia 18 às 14h30; 22h00.
 Dia 19 às 12h00; 22h00.
 Dia 20 às 11h00.
 
14h30 - Visita guiada "À descoberta do Antigo Egito"
 O Museu Nacional de Arqueologia possui a maior coleção de Antiguidades Egípcias do país. A apresentação destes testemunhos materiais é o convite para se descobrir a civilização do Antigo Egito
 Público alvo: 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico
 Sujeita a inscrição prévia, até 14 de maio. Número mínimo de 10 participantes. Número máximo de 22 participantes.
 Dia 18 às 14h30.
 
Museu Bordalo Pinheiro
Dia 18 de maio, Dia Internacional dos Museus, o Museu Bordalo Pinheiro inaugura pelas 18h00 e com entrada livre a Instalação de Madalena Martins “Chegaram as Andorinhas”. Num voo apaixonado, um bando de andorinhas entra pelo Museu Bordalo Pinheiro e projeta um jogo de sombras de notável efeito visual. Até um gato se rende aos encantos desta viagem…
 
Museu do Fado Dia 15 de maio pelas 19h00 vai ser possível ouvir e ver o concerto da artista Helena Sarmento. Neste espetáculo vai ser possível assistir a apresentação do álbum “Lonjura” com Samuel Cabral na guitarra portuguesa, André Teixeira na viola e Sérgio Marques na viola baixo.
Casa Fernando Pessoa
A visita temática “Amor + Pessoa” decorre dia 19 de maio às 15h30 sendo necessário fazer marcação prévia.
Trata-se de um convite a regressar à Casa Fernando Pessoa, conhecendo a rede de afectos do escritor numa visita pela sua última morada em vida. Uma visita de e com Ricardo Belo de Morais (equipa da Casa Fernando Pessoa). A participação tem um custo de 5€ (com descontos).
Destaques em Almada
Cinema ao ar livre
O jardim do Museu da Cidade será transformado numa sala de cinema ao ar livre com a exibição do filmes Hiroshima, Meu Amor (18 de maio) e Blade Runner 2049 (19 de maio).
No dia 19 de maio há um passeio no Tejo, para descobrir o património cultural que se avista a partir do rio, a bordo da Fragata Sejas Feliz, construída em 1947 e recuperada em 2014.
18 de maio | Sexta
Museu da Cidade
18h30: Tertúlia Artesão(s) de histórias e enredos | Todos
21h30: Cinema no Jardim – Cidades: Hiroshima, Meu Amor | M/12
Museu Medieval
14h15: Visita guiada por arqueólogos | Todos
19 de maio | Sábado
Quinta do Almaraz
10h e 17h: Visitas Guiadas com arqueólogos | Todos
10h30: Oficina de Tecelagem | Dos 5 aos 10 anos
Museu da Cidade
15h: Festival Intercultural diverCidades | Todos
16h: Visita Guiada à exposição Um Homem chamado Romeu Correia | Todos
21h30: Cinema no Jardim – Cidades: Blade Runner 2049 | M/16
Museu Naval
15h30: Passeio no Tejo na Embarcação Tradicional Sejas Feliz | Todos
Preço dos bilhetes: Adultos: 12,50€ | Crianças: até aos 5 anos – gratuito; dos 6 aos 12 anos – 7,50€ | Bilhete Família: 2 adultos e até 3 crianças (até 12 anos) – 30€
Há também visitas guiadas ao núcleo histórico de Almada, à Quinta do Almaraz, ao Museu Medieval, à exposição Um Homem chamado Romeu Correia, e oficinas jogo para os mais novos.
Destaques na Marinha Grande
A Câmara Municipal da Marinha Grande assinala o Dia Internacional dos Museus (DIM) através de um conjunto de atividades dirigido à população, que decorre de 18 a 25 de maio, com o objetivo de divulgar os espaços museológicos da cidade e cujo ponto alto ocorre no dia 18 de maio, com a “Noite dos Museus”, que inclui a inauguração da exposição “Fratelli Toso” e o concerto do Quarteto D. Dinis, do Orfeão de Leiria, no Museu do Vidro.
A Câmara Municipal da Marinha Grande organiza o seguinte programa:
18 de maio | entrada gratuita no Museu Joaquim Correia
18, 19 e 20 de maio | entradas gratuitas no Museu do Vidro
18 de maio | Noite dos Museus
Abertura do Museu, das 21h00 às 24h00
21h30 | Inauguração da exposição temporária "Fratelli Toso, 1910-1970", acompanhada de atuação do Quarteto D. Dinis, do Orfeão de Leiria no interior do Palácio Stephens.
 
Exposição "Fratelli Toso, 1910-1970"
Fundada em Murano - Veneza no ano de 1854 pelos irmãos Toso, a fábrica Fratelli Toso deu um importante contributo para a história do vidro de Murano, não só pela sua importância na renovação artística do vidro de Murano no século XIX, mas também pelo desenvolvimento e aperfeiçoamento da utilização das técnicas de murrine ou millefiori na produção de vidro manual.
A história e percurso desta fábrica é-nos contada através da coleção de Lutz H. Holz, que desde há vários anos tem vindo a reunir um importante acervo de vidro de Murano.
A exposição Fratelli Toso 1910-1970 dá-nos a conhecer cerca de 60 anos de produção desta fábrica histórica, através de alguns dos melhores exemplares em vidro de Murano produzidos pela Fratelli Toso, realizados através de técnicas tradicionais venezianas, numa combinação de história, arte e ciência do vidro.
 
Quarteto D. Dinis
Ficha técnica:
Ivana Dimitrijevic Vilela, violino
João Diogo Pereira, violino
Ana Luzia Lapo, violeta
Rita Fernandes, violoncelo
Entrada gratuita.
 
19 de maio
15h30 | Jardim Stephens
Espetáculo com a Banda Filarmónica das Cortes
A Filarmónica das Cortes, do concelho de Leiria, terá sido fundada em 1878, mas a sua oficialização é de 31 de Janeiro de 1881, data em que foi feita a escritura pública de constituição. Ficou histórica a sua intervenção, com outras Filarmónicas, na recepção ao jovem Rei D. Manuel II, em Leiria, em Outubro de 1909. Desde a sua fundação até aos nossos dias, a Filarmónica tem conseguido manter a sua atividade de forma regular, resistindo às crises e guerras que o país e o mundo foram atravessando.
A sua Academia de Música, com cerca de 45 alunos vai formando os jovens que vão mantendo a Filarmónica em plena atividade, permitindo-lhe atuar nas romarias, concertos sinfónicos, concerto com coros, encontros com outras filarmónicas nacionais e internacionais.
A Sociedade Artística e Musical Cortense conta com 50 elementos na Filarmónica, 20 na Classe Juvenil, 45 no Coro adulto e 15 no Classe de Coro Infantil.
A Filarmónica toca quase todo o género de música: clássica, religiosa, popular, ligeira, pop-rock, tentando assim, cativar os seus elementos e chegar ao maior número de ouvintes, demonstrando que estes grupos têm conseguido acompanhar os tempos modernos.
Este espetáculo insere-se na Candidatura CIMRL Região de Leiria Rede Cultural.
Entrada livre.
 
20 de maio
11h00 | Casa da Cultura
MÃO VERDE com CAPICUA & PEDRO GERALDES
Espetáculo para crianças com música de Pedro Geraldes e lenga lengas originais cantaroladas por Capicua. “Mão Verde” é um concerto temático, em torno das plantas, da agricultura, da alimentação, dos cheiros das ervas aromáticas, da cor das flores e com uma clara motivação ecologista.
Durante cerca de uma hora, sempre com momentos de interação com o público, sucedem-se canções alegres, com mensagens importantes, numa abordagem tão inteligente quanto engraçada dos temas quotidianos e do universo verde que nos rodeia; rimas, histórias, rap e jogos de palavras, sobre batidas coloridas e acompanhadas por diversos instrumentos tocados ao vivo.
Este espetáculo deu, entretanto, origem a um disco e um livro, ou melhor a um “lisco” e um “divro” que, sendo para crianças, não se quer infantil; o disco tem música de Pedro Geraldes e lengalengas originais escritas e cantaroladas por Capicua e o livro, além das lengalengas escritas no papel, tem ilustrações de Maria Herreros e notas didáticas que ajudam a aprofundar o conteúdo das letras.
Ficha Técnica |
Capicua – voz e autoria das letras
Pedro Geraldes – programações, música e arranjos, guitarra, baixo, teclas e percussão.
Ivo Magalhães – som
Virginia Esteves – luz
Mário Castro – road manager
Radar dos Sons – agenciamento
Uma encomenda do Teatro Municipal São Luiz – Dezembro 2015
Duração | 50m
Classificação Etária | M/3 anos
Preço | 3€
 
21 a 25 de maio | Visita à exposição "Contemporâneos VI, Vidro Artístico Contemporâneo Português"
Sessões às 09h30 e 10h30
Duração: 1 hora
Local: Núcleo de Arte Contemporânea do Museu do Vidro
Visita à exposição temporária, em que de seguida as crianças realizarão um desenho acerca da exposição e dos trabalhos que terão oportunidade de conhecer, pretendendo-se estimular o gosto pelas artes desde cedo.
Publico alvo: crianças dos 3 aos 6 anos, a frequentar os Jardins-de-infância do concelho.
Participação gratuita.
Destaques em Setúbal
Uma visita noturna a quatro espaços museológicos municipais, a 19 de maio, e entradas gratuitas para admirar exposições patentes, a 18, estão em destaque nas comemorações locais do Dia Internacional dos Museus e da Noite Europeia dos Museus.
“Entre Museus” designa a iniciativa que tem início no dia 19, às 21h00, na Galeria Municipal do Banco de Portugal, e segue depois para a Casa do Corpo Santo e Museu do Trabalho Michel Giacometti, onde o TAS – Teatro Animação de Setúbal apresenta uma rábula alusiva às tradições populares de Setúbal.
O périplo, conduzido pelo chefe do Serviço Municipal de Bibliotecas e Museus, José Luís Catalão, termina na Casa Bocage onde estão previstas algumas surpresas para os participantes nesta ação no âmbito da Noite Europeia dos Museus. A inscrição, gratuita, deve ser feita pelo telefone 265 537 890 ou pelo endereço museu.setubal@mun-setubal.pt.
 A rábula do TAS, no Museu do Trabalho Michel Giacometti, tem transmissão em direto, a partir das 22h00, para o canal de Youtube do espaço museológico.
A transmissão, a cargo dos estudantes do curso de Produção Audiovisual da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, sob orientação do professor Pedro Felício, visa mostrar que o museu do século XXI deve ser um espaço vivo, atento e atualizado na forma como se relaciona com os diferentes públicos.
As atividades da Noite Europeia dos Museus culminam com uma performance poética pelo TAS, a partir das 23h00, na Casa Bocage, onde o tema é a poesia erótica, satírica e amorosa de Bocage.
O Museu do Trabalho Michel Giacometti, a Casa Bocage, a Casa do Corpo Santo e a Galeria Municipal do Banco de Portugal abrem entre as 21h00 e as 24h00 na Noite Europeia dos Museus, que se assinala a 19 de maio, com entradas gratuitas.
No dia anterior, 18 de maio, Dia Internacional dos Museus, estes espaços museológicos municipais também estão abertos ao público com entradas gratuitas para quem quiser visitar as exposições permanentes e temporárias.
 Já o CAO1 da APPACDM, polo do Museu do Trabalho Michel Giacometti, apresenta, entre os dias 14 e 18, as animações “O Bomboca e as Suas Máquinas”, para o público infantil, e “Nós Dançamos com as Máquinas”, ambas mediante marcação, feita pelos números 265 235 646 e 910 582 516 ou pelo endereço appacdm.cao.1.setubal@gmail.com.

Mensagens populares