O que Fazer Por Cá

Quinta do Almaraz - Almada
Almada
No dia 9 de junho, a partir das 21h45, o céu é o protagonista da atividade proposta no sítio arqueológico da Quinta do Almaraz. Através de telescópios, os participantes vão compreender a importância da astronomia para os navegadores fenícios que, há 2500 anos, habitaram este local.
No mesmo dia, a partir das 21h30, o Solar dos Zagallos, na Sobreda, apresenta nos seus jardins Uma Noite de Verão, espetáculo onde o sonho, a comédia, o amor e a magia se cruzam, inspirado no clássico de Shakespeare.
Na Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, além das visitas guiadas à Casa, ao Jardim Botânico e às exposições, no dia 17 de junho regressa a oficina Big Bang Boom – Desenho para pais e filhos na 1.ª infância, que terá como inspiração e expiração o elemento ar. Para celebrar o solstício de verão será dinamizada uma grande festa do desenho. Frutas e vegetais irão transformar-se em tintas comestíveis; doces, amargas ou salgadas serão sopradas sobre o papel. Ao som da música o Desenho andará pelos ares, numa sala de portas e janelas abertas para o jardim.
Nos dias 16 e 23 de junho, a partir das 16 horas, a Biblioteca Municipal Maria Lamas, na Caparica, é o ponto de encontro de gerações, a partir de histórias contadas por pessoas especiais como o avô, a avó, o tio, a madrinha, a educadora ou o amigo.
No dia 16 de junho, às 10h30, os mais novos podem participar numa oficina de tecelagem artesanal, uma antiga atividade que se mantém até aos nossos dias, na Quinta do Almaraz, um lugar em que se respira a natureza e se descobre a história. Uma atividade para adultos e crianças partilharem momentos de descoberta, criatividade e diversão.
O percurso jogo em que se desenha parte da história do fornecimento de água por Almada Velha e um passeio pelo centro histórico de Almada, onde se vão partilhar estórias e cores de casa antigas, são outras das propostas no Centro de Interpretação de Almada Velha, de 27 a 29 de junho.
Programa Casa da Cerca:
16 de junho
15h: Oficina para famílias – A mão vai mais à frente
17 de junho
16h: Big Bag Boom! Desenho para pais e filhos na 1.ª infância – Oficina de verão
30 de junho
16h: Visita orientada às exposições
30 de junho
17h: Desenho na exposição
Centro de Interpretação de Almada Velha
23 de junho
15h: Percurso por Almada Velha – De Cacilhas ao Castelo
27, 28 e 29 de junho
10h30 | 14h30: Oficina – Mapa da Água
Sábados
11h | 15h: Visita guiada ao Centro de Interpretação de Almada Velha
Quinta do Almaraz
9 de junho
21h45: Observações Astronómicas
16 de junho
10h30: Oficina de Tecelagem
16 de junho
10h | 17h: Visita guiada à Quinta do Almaraz
26 a 29 de junho
10h: Uma aventura em tempo de férias
Biblioteca Municipal de Almada
2 de junho
16h: Oficina – Bonés e Panamás com personalidade!
9 de junho
11h: Miminhos e Leituras Pinguim, de Polly Dunbar
16h: Hora do conto O texugo e a grande tempestade, de Suzanne Chiew e Caroline Pedler
16 de junho
16h: Oficina – Canecas personalizadas e divertidas
23 de junho
16h: Hora do Conto Dá-me Um Abraço, John A. Rowe
30 de junho
16h: Oficina – Vamos brincar com eco pincéis ao ar livre
Biblioteca Municipal José Saramago
2 de junho
15h30: Apresentação do livro No Mar Existem Muitas Estrelinhas Menos Uma, com a presença da autora Inês Tapadas
9 de junho
16h: Oficina – Deita-te, canta e desenha o que te rodeia
16 de junho
16h: Hora do conto O grande assalto ao queijo, de Tim Warnes
23 de junho
11h: Hora do conto Um amor de irmã, de Astrid Desbordes e Pauline Martin
16h: Oficina – Movimenta-te ao sabor dos contos tradicionais
30 de junho
16h: Hora do conto Diário das coisas impossíveis, de João Ferreira Oliveira
Biblioteca Municipal Maria Lamas
16 de junho
16h: Sofá com histórias – Histórias entre gerações
23 de junho
16h: Sofá com histórias – Histórias entre gerações
Solar dos Zagallos
Tel.: 212 947 000 | E-mail: solar@cma.m-almada.pt
2 de junho (10h-17h) e 9 de junho (14h-23h)
Festa no Solar – Saberes, Sabores e Memórias Nas Asas do Amor
 
Cabeceiras de Basto
Passe Partout – Coleção de Postais, integra o programa cultural Mosteiro de Emoções e pretende criar uma série de postais digitais alusivos ao Mosteiro de S. Miguel Refojos. Esta coleção será criada sob várias perspetivas e linguagens artísticas, através do olhar de artistas, naturais, residentes e exteriores ao concelho, com o objetivo de lhe prestar uma homenagem, enquanto elemento que se pretende vivificar patrimonialmente. Desta forma pretende-se estimular a criatividade e o olhar através das artes visuais e plásticas, musicais e digitais, enquanto formas de expressão documental e promocional/turística.
No próximo dia 9 de junho, pelas 10h00, decorrerá o acolhimento e realização da visita das quase três dezenas de artistas convidados - Pintores, fotógrafos, designers, ilustradores, músicos e compositores - ao Mosteiro de São Miguel de Refojos. Cada artista poderá captar, da forma que achar melhor: fotografia, pintura, desenho, filme, etc, a sua perceção do Mosteiro, para posterior elaboração de postal digital.
ARTISTAS PARTICIPANTES
•António Sardinha, Porto, Pintura
•Benvindo Carvalho, Porto, Pintura
•Dimitrios Andrikopoulos, Famalicão, Música Composição
•Bruno Santos, Gaia, Vídeo
•Lu Veloso, Famalicão, Pintura
•Rosa Dixe, Gaia, Pintura
•Catarina Isabel Martins Santos, Porto, Colagem
•Cecília de Fátima Pereira Gonçalves dos Santos, Porto, Fotografia
•Diogo Ludgero Almeida Faria, Santo Tirso, Pintura/Desenho
•Mariana Sales Teixeira, Porto, Desenho/Calcografia
•Natália Cardoso Richert, Porto, Desenho
•Patrícia Matos, Maia, Mix Media
•Rebecca Moradalizadeh, Santo Tirso, Mix Media
•Francisco Maria da Silva Mariz Rodrigues (Profº. ) Oficina - Escola Profissional do I.N.A, Porto, Design Gráfico
•Eduardo Gomes de Sousa, Oficina - Escola Profissional do I.N.A, Paços de ferreira, Design Gráfico
•Alexandra Filipa Almeida Santos, Oficina - Escola Profissional do I.N.A, Famalicão, Fotografia
• Ana Sofia Richa Pinho, EPBJC, Porto, Fotografia
• Beatriz Martins Medeiros, EPBJC, Porto, Pintura
• Ana Rita Vilas Boas dos Santos, Trofa, Desenho
• Joana Patrícia Silva Ramos EPBJC, Alfena. Pintura
• Liliana Sofia Seixas Fernandes EPBJC, Gondomar, Fotografia
• Ana Rita Lopes, ESPROMINHO, Coimbra, Design
• Arminda Esmeralda de Araújo Ferreira (Professora), ESPROMINHO, Famalicão, Fotografia
• Emília Silva, ESPROMINHO, Cabeceiras de Basto, Design
• Luísa Silva, ESPROMINHO, Braga, Design
• Mariana Vale, ESPROMINHO, Braga, Design
• Salury Moura, ESPROMINHO, Braga, Design
O programa ‘Mosteiro de Emoções’ tem como elemento central o Mosteiro de S. Miguel de Refojos, magnífico monumento beneditino em Cabeceiras de Basto. Dirigido a um público diversificado, o programa desenvolve-se em três eixos temáticos Cultura/Artes Performativas, Gastronomia/Sabores e Saúde e Bem-Estar que aliam a itinerância, a combinação e a diversidade. Este vasto programa cultural estende-se até julho de 2019, e assenta em parcerias alargadas que vão desde as instituições locais a diversas entidades regionais e nacionais.
Pretendendo ser um importante motor de dinamização cultural contempla iniciativas culturais e artísticas diversas, das artes plásticas às artes performativas, da literatura às atividades holísticas e ao artesanato, privilegiando, ainda, manifestações de divulgação histórica, patrimonial e gastronómica. Todas estas atividades decorrerão sob diversos formatos: exposições, concertos, concursos, mostras, festivais, provas e degustações, workshops, tertúlias, master-classes e visitas, dirigidas a públicos distintos e potenciais visitantes, turistas e parceiros. As atividades decorrerão preferencialmente em locais simbólicos do Município, especialmente no Mosteiro de S. Miguel de Refojos, mas também em espaços culturais, escolas e universidades, associações e clubes culturais de Cabeceiras de Basto ou de municípios estratégicos e vizinhos.
 O programa cultural ‘Mosteiro de Emoções’ desenvolver-se-á até julho de 2019 e integra 23 atividades. Especial destaque para o envolvimento de inúmeros parceiros de Cabeceiras de Basto, desde a comunidade educativa, empreendedores locais, passando pelo movimento associativo e outras instituições do concelho, mas também parceiros externos como universidades, escolas profissionais, orquestras, cooperativas, empresas de dinamização cultural, entre outros.
O Mosteiro de S. Miguel de Refojos continuará a atrair e a seduzir cada vez mais visitantes e turistas, levando o nome de Cabeceiras de Basto bem longe e, dessa forma, contribuirá também para o aumento do prestígio e da imagem de Cabeceiras de Basto.
PROGRAMA
15 JUNHO | 21h30
O Futuro visita o Passado - Ciclo de Tertúlias: ‘História Local’
Local: Casa do Tempo, Cabeceiras de Basto
Orador: Doutor Francisco Queiroga e Dra. Linda Melo
Apresentação prévia do estudo dos Achados Arqueológicos dos Claustros do Mosteiro de S. Miguel de Refojos
20 JUNHO | 17h00
Lançamento e apresentação da Bienal Internacional de Flauta Transversal
Local: Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Porto 
Praça de Gomes Teixeira – Porto
24 JUNHO
Concertos Rápidos
Local: Claustros do Mosteiro
Cabeceiras de Basto
Quarteto Orpheu
07 JULHO | 18h30
Sunset A…gosto
Local: Rua do Arco de Baúlhe - Arco de Baúlhe
DJ Residente: Tomané e convidada: DJ Claud
19 JULHO | 18h00
Ciclo Formativo – Workshop sobre ‘Marketing Turístico’
Local: Casa do Tempo - Cabeceiras de Basto
Oradores: Doutores António Azevedo,  Ana Kankura Salazar e  Bruno Sousa
20 JULHO | 18h30
Sunset A…gosto
Local: Praça da República - Cabeceiras de Basto
DJ Residente: Tomané e convidada: Alina Petko (Aline Acoustic)
28 JULHO |  10h00 /18h00
‘Cheira Bem, Cheira a Cabeceiras’ – Festival Aromático com provas de aromas e sabores, Show Cooking, Mostras e Workshops
Local: Claustros do Mosteiro - Cabeceiras de Basto
03 AGOSTO | 15h30
O Futuro visita o Passado - Ciclo de Tertúlias: ‘Turismo de Saberes e Sabores’
Local: Casa do Tempo - Cabeceiras de Basto
04 AGOSTO | 21h30
Concertos Rápidos
Local: Praça da República - Cabeceiras de Basto (local a confirmar)
Projeto Aline Acoustic
05 AGOSTO | 21h30
Danças do Mundo
Local: Mosteiro de S. Miguel de Refojos - Cabeceiras de Basto
10 AGOSTO | 21h30
Danças do Mundo
Local: Mosteiro de S. Miguel de Refojos - Cabeceiras de Basto
12 AGOSTO | 18h30
Sunset A…gosto
Local: Boavista - Cabeceiras de Basto
DJ Residente: Tomané e convidada: Rebecca Moradalizadeh (Hot Pink Abuse)
17 AGOSTO | 18h30
Sunset A…gosto
Local: Quinchoso - Cabeceiras de Basto
DJ Residente: Tomané e convidada: Susana Ferreira (Fado Alterne)
25 AGOSTO | 21h30
Danças do Mundo
Local: Mosteiro de S. Miguel de Refojos - Cabeceiras de Basto
20 SETEMBRO | (noite)
Danças do Mundo
Local: Mosteiro de S. Miguel de Refojos - Cabeceiras de Basto
Batucada Radical  |  Danças Orientais e Dança Jazz (Razões do Corpo)
11 OUTUBRO | 18H00
Ciclo Formativo – Workshop sobre ‘Marketing do Património Imaterial’
Local: Casa do Tempo - Cabeceiras de Basto
25 OUTUBRO
Ceia Beneditina Improvável
Local a definir
DIA A DEFINIR | OUTUBRO
Passepartout
Apresentação de Coleção de Postais sobre o Mosteiro
Local a definir
DIA A DEFINIR | NOVEMBRO
Concurso Literário Nacional - Conto Infantil de Cabeceiras de Basto
Cerimónia de Entrega de Prémios
Local a definir
6 a 9 DEZEMBRO
Bienal Internacional de Flauta Transversal – Exposição de Flautas, Master Classes e Concertos
Local: Mosteiro de S. Miguel de Refojos - Cabeceiras de Basto
Adriana Ferreira  |  Ana Maria Ribeiro  |  Banda Cabeceirense
Castro Marim
De 25 a 27 de maio a aldeia do Azinhal volta a receber o evento Terra de Maio, este ano aliado ao Algharb.come. Abraçada pelo programa 365 Algarve, oferece um diversificado programa, onde cabe a gastronomia local, a comercialização de produtos tradicionais, mostras de vinhos, artesanato ao vivo, demonstrações de cozinha, exposições de variadas temáticas, ateliês infantis e muita animação musical, com particular destaque para o fado e o flamenco no reflexo daquela que é a cultural local de um território transfronteiriço.
Palco também de grandes nomes da música nacional, o certame traz este ano o concerto de Raquel Tavares, a decorrer no sábado, dia 26, pelas 22h00.
Na gastronomia, a 11ª edição da Terra de Maio apresenta dois grandes destaques: no sábado, Laboratório de Gostos com o Chef Vitor Sobral, grande referência da gastronomia nacional, e, no domingo, o projeto Cataplay, promovido pelo restaurante Tertúlia Algarvia e que junta gastronomia, teatro, música ao vivo e até coreografias.
Ainda na gastronomia, a 3ª edição do “Maior Queijo de Cabra de Raça Algarvia”, que acontece no dia 26 de maio, pelas 18h00. Este foi um desafio proposto pela autarquia de Castro Marim à ANCCRAL (Associação Nacional dos Criadores de Caprinos de Raça Algarvia) e que resultará num queijo fresco com aproximadamente 40kg e 80 cm de diâmetro, para o qual serão necessários cerca de 170 litros de leite.
Apostando sempre em novas formas de atrair e promover a vinda de visitantes ao evento, este ano haverá uma rede de transportes, gratuita, chamada “A Rota de Maio”, que permitirá que os turistas instalados nas unidades hoteleiras do circuito Mata Rota – Altura – Monte Gordo – VRSA – Castro Marim possam deslocar-se até ao Azinhal.
A abertura da Terra de Maio, no dia 25, pelas 18h00, será animada pela “Tuna Feminina de Beja” e é marcada pela inauguração da exposição “Fado, Património da Humanidade”, uma reprodução da exposição permanente do Museu do Fado. Segue-se um Laboratório de Gostos pela Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António, e a apresentação da peça de teatro 2º Berço da Algarvia” (21h00), pela Associação SATORI. Depois de jantar, pelas 22h00, baile com “Fábio Lagarto.
No sábado, a manhã é dedicada a um seminário, com a participação da Universidade do Algarve, da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve e da Associação Odiana, com as temáticas do turismo criativo, gastronomia e agricultura.
Durante a tarde, a Terra de Maio & Algharb.come oferece várias demonstrações gastronómicas: o “Ronquear do Atum”, pela Confraria de Atum de Vila Real de St. António, o showcooking pelo chef Vitor Sobral, o ateliê do pão, a recriação da “Vila de Amêijoas” e a 3ª edição do maior queijo de cabra de raça algarvia, com apresentação e prova promovida pela ANCCRAL. Quanto à animação, o evento contará com o grupo de rua “Gaiteiros Abiul”, o Rancho Folclórico do Azinhal, fado com “Valentim Filipe & Raquel Peters” e o grande concerto de Raquel Tavares. A fechar esta noite da Terra de Maio, o DJ Gustavo Vera, pelas 00h.
 
 Para os amantes de motorizadas, o último dia da Terra de Maio, domingo (27), começa pelas 9h com o 3º Encontro de Motorizadas, com encontro marcado no largo dos cafés da aldeia, numa organização da Associação Recreativa e Cultural do Azinhal. Na mesma manhã, decorre uma caminhada, para todos os que se quiserem juntar, com partida da Casa do Povo do Azinhal.
Pelas 13h00, decorre a entrega de prémios do 22º Concurso Nacional da Cabra de Raça Algarvia. 
Durante a tarde, o grande destaque é a apresentação do espetáculo Cataplay, previsto para as 17h00, com degustação da cataplana no final. Há ainda o Laboratório de Gostos pelo Chef David Domingues, do Praia Verde Boutique Hotel. Na música, a atuação do grupo de sevilhanas “Ballet Espanhol Gracia Diaz”, a Banda Musical Castromarinense e o grupo “Makarines”.
No sábado e no domingo, dias 26 e 27, será ainda possível participar em workshops de fabrico de queijo artesanal e de tosquia, experimentar a equitação e fazer passeios de burro, para além das demonstrações equestres e da exposição de animais, com destaque para a cabra de raça algarvia.
 
 Setúbal
Uma mostra de tradições marítimas, passeios fluviais, um almoço de convívio e uma corrida de botes são alguns dos destaques dos dez dias da Semana do Mar e do Pescador 2018. A decorrer entre 25 de maio e 3 de junho, este evento dinamiza cerca de duas dezenas de atividades que promovem as tradições das comunidades piscatórias locais e a própria economia do mar.
A Semana do Mar e do Pescador apresenta-se ao público com três objetivos, uma vez que divulga muitas das tradições associadas às comunidades piscatórias, presta homenagem aos homens e mulheres que, direta e indiretamente, constroem as suas vidas com base naquilo que as atividades marítimas proporcionam e tenta dinamizar a própria economia do mar, seja ao nível da pesca profissional e lúdica, seja, inclusivamente, em termos turísticos.
O programa da Semana do Mar e do Pescador apresenta, entre os dias 25 e 27, o Festival do Peixe, certame gastronómico que promove as ementas à base de pescado em dezenas de restaurantes da cidade de Setúbal.
 De 26 de maio a 3 de junho, das 10h00 às 24h00, está patente no Parque Urbano de Albarquel, a Mostra das Tradições Marítimas, que inclui ateliers e é dedicada aos costumes associados aos círios marítimos e às artes e tradições de pesca.
Esta mostra inclui ateliers para os mais pequenos, entre os dias 28 de maio e 1 de junho, das 10h00 às 12h00 e das 14h30 às 16h30.
As atividades centram-se nas tradições marítimas, como a arte de remar e gingar, a carpintaria naval, a calafetagem de embarcações de madeira, as artes de redes e sobre a vida marinha do Estuário do Sado e costa da Arrábida.
A mostra “Petiscos com Sabor a Mar”, sobre gastronomia sadina confecionada por pescadores, decorre também no Parque Urbano de Albarquel e nos mesmos dias, mas entre as 10h00 e as 24h00.  Animação musical preenche programação cultural, todos os dias, a partir das 21h00.
Na Avenida José Mourinho, junto do edifício dos cacifos de pesca, está patente a exposição fotográfica “Labores do Mar”. A exposição, com inauguração agendada para o dia 26, às 17h30, pode ser visitada até ao último dia da Semana do Mar e do Pescador.
Também a 26, às 10h00 e às 15h00, realizam-se dois passeios fluviais na embarcação “Maravilha do Sado”, com partida da Doca dos Pescadores. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas nos polos de Santa Maria da Graça e de Nossa Senhora da Anunciada do Centro Comunitário da União das Freguesias de Setúbal.
Ainda a 26 de maio, às 10h30, no auditório do Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal, localizado no Mercado do Livramento, a Ocean Alive, uma das entidades parceiras da Semana do Mar e do Pescador, promove a atividade “Há Mar no Mercado”, formação para professores e auxiliares educativos do 1.º ciclo do ensino básico. Inscrições gratuitas através do endereço gae@mun-setubal.pt ou do telefone 265 545 390.
A 27 de maio, domingo, às 08h00, na Igreja de São Sebastião, celebra-se a Missa de Homenagem aos Pescadores.
Nos dias 28 e 29, às 09h00 e às 11h00 de ambos os dias, alunos do 4.º ano do 1.º Ciclo embarcam no Maravilha do Sado para o atelier educativo “À descoberta do ninho de vida marinha no Estuário do Sado”, ação dinamizada por uma bióloga marinha da Ocean Alive e uma pescadora do Sado.
A 30 de maio, com início às 10h00, o Mercado do Livramento acolhe uma aula de culinária ao vivo, com cavala e carapau, numa ação de promoção do pescado nacional.
As inscrições, gratuitas, devem ser feitas através do correio eletrónico gae@mun-setubal.pt.
 À tarde, pelas 14h00, alunos de escolas do concelho visitam a lota para assistirem à simulação de um leilão tradicional e eletrónico de pescado, numa colaboração da Docapesca.
A vida marinha é assunto em destaque de oficinas ambientais realizadas no âmbito do projeto “Educar no Mar”, dirigidas a alunos e professores do 1.º ciclo das escolas de Setúbal e Azeitão, no dia 30 de maio, às 09h00, no Parque Urbano de Albarquel.
A 31, Dia Nacional do Pescador, às 10h30, no Cemitério de Nossa Senhora da Piedade, realiza-se a cerimónia de deposição de flores no Memorial aos Pescadores Setubalenses Desaparecidos.
No último dia do programa, 3 de junho, às 10h00, também no Parque Urbano da Albarquel, realiza-se uma corrida de botes a remos.
Duas horas mais tarde, ao meio-dia, e a encerrar a Semana do Mar e do Pescador, um almoço-convívio comemorativo do Dia do Pescador reúne a comunidade piscatória, em que não falta animação musical.
Para inscrições e mais informações deve contactar-se a União das Freguesias de Setúbal, através do telefone 932 913 630.
Vouzela
 O Município de Vouzela, a Escola Profissional de Vouzela e a associação Vouzelar vão promover no fim de semana de 25 a 27 de maio a quinta edição do Festival Gastronómico da Vitela de Lafões e Produtos Regionais. A abertura está marcada para as 19h00 do dia 25, com a presença do Secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson Souza.
Ao longo de três dias, à sombra das árvores da Alameda D. Duarte de Almeida, em Vouzela, vão estar presentes seis restaurantes com espaços que servem almoços, petiscos e jantares à base de Vitela de Lafões (IGP) e de outros produtos regionais.
O recinto vai ainda oferecer aos visitantes uma "Quintinha dos Animais", com diversas espécies domésticas, showcooking, animação de rua, insufláveis, caiaques, rappel, uma exposição de legos da autoria de Pedro Nascimento, com reproduções de monumentos locais, exposição e venda de produtos endógenos, com 25 produtores  a vender mel, artesanato, cogumelos, vegetais, frutos vermelhos, cerveja, etc.
Nesta edição, haverá novamente passeios em comboio turístico aos locais do concelho onde cresce a Vitela de Lafões. A inscrição, gratuita, permite contactar com os animais no pasto, desfrutar da beleza das paisagens naturais do concelho e degustar produtos regionais.  
 As novidades no programa deste ano são o I Simpósio Bio – Agricultura Biológica “Um dos principais pilares estratégicos para Vouzela”, que se realiza no sábado, dia 26 de maio, a partir das 15h e a presença de três artesãos a mostrar a arte de construir alfaias agrícolas, como os arados ou fresas, em madeiras antigas. Esta recriação de tradições vem substituir o tradicional desfile etnográfico, dado que a maior parte das peças arderam com os incêndios florestais de outubro. 
No dia 27 comemora-se o Dia Nacional da Gastronomia e o Dia Nacional do Folclore Português, com a participação do Rancho Folclórico de Carvalhal de Vermilhas e do Rancho “Grupo Recordações de Campia”.
O Festival da Vitela de Lafões tem como principal objetivo incentivar a produção e promover a confeção de Vitela de Lafões com certificação de Indicação Geográfica Protegida (IGP) nos restaurantes da região, garantindo a qualidade do produto.
PROGRAMA:
25 maio (sexta-feira)
19h00 Abertura oficial
com a presença do Secretário de Estado do dsenvolvimento e Coesão, Nelson Souza
Confraria dos Gastrónomos de Lafões
Arruada pela Sociedade Musical Vouzelense
19h30 Apresentação da Cerveja Artesanal  Vaucella - Weizenbier
20h00 Animação de Rua “Maria Malucas”
22h00 Atuação do Grupo de Cantares Ilha Azul – Faial, Açores
                - Hora do Petiscar'te (CLDS 3G)
 
26 maio (sábado)
10h00 Inauguração da exposiçaõ de legos “Nasclego” - Museu Municipal de Vouzela
10h30 Passeio ao Mundo Rural – Passeio de comboio turístico
12h00 Abertura do Certame
14h30 Desfile de cavalos, acompanhado pela Banda da Sociedade Musical C.R. Paços de Vilharigues
15h00 1º Simpósio Bio – Agricultura Biológica “Um dos pilares estratégicos para Vouzela” - Auditório Municipal
16h00 Animação de rua “Girafoles”
18h00 Grupo de Cavaquinhos de Alcofra
20h00 Animação de rua “Maria Malucas”
22h00 Atuação do Grupo de Trajes e Cantares de Cambra
                - Hora do Petiscar'te (CLDS 3G)
 
27 maio (domingo)
DIA NACIONAL DA GASTRONOMIA
DIA NACIONAL DO FOLCLORE PORTUGUÊS
09h00 Caminhada “O que nos Liga” - 50 anos (Grupo Voluntariado Comunitário de Vouzela)
10h30 Passeio ao mundo rural (visita a uma exploração) | Passeio de comboio turístico
12h00 Abertura do certame
13h00 Animação de rua “Maria Malucas”
15h00 Arruada e atuação do Ranchos
- Rancho Folclórico de Carvalhal de Vermilhas
- Rancho “Grupo Recordações de Campia”
15h30 Hora do Petiscar'te (CLDS 3G)
                Animação de rua “Maria Malucas”
16h30  Showcooking – com o Chef Hélio Loureiro – Programa Nutriciência RTP1
18h00  Atuação Coro Mozart
19h00 Animação de rua “Maria Malucas”
21h30  Atuação Grupo de canto e Guitarra – Orfeão de Viseu
22h00 Hora do Petiscar'te (CLDS 3G)
 
 
 

Mensagens populares