Este Fim de Semana os Museus Vão Estar ao Rubro

Museu da Chapelaria e dos Sapatos - S. João da Madeira
O Museu da Chapelaria preparou um fim de semana muito animado. Dia 18 de maio, às 11h00 e 15h00, visitas gratuitas realizadas por chapeleiros e sapateiros; no dia 19 de maio, pelas 19h30, haverá jantar temático, com desconto de 10% para quem se apresentar de chapéu e depois das 22h00 espetáculo de teatro “O Último Turno”; no dia 20 de maio, das 10h00 às 12h30, Peddy Paper com Pés e Cabeça; dia 26 de maio, às 11h00 e 15h00, visitas gratuitas aos dois museus.
Museu Amadeu de Souza-Cardoso - Amarante
O Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso (MMASC) celebra a Noite dos Museus, a 19 de maio (sábado), com um concerto do guitarrista Custódio Castelo, que terá início às 22:00, com entrada livre.
O concerto terá lugar em espaços da exposição permanente do MMASC, onde se insere a Sala Amadeo, cujo acervo inclui obras do pintor que remetem para o universo musical e retratam instrumentos musicais. É o caso de “Vida dos Instrumentos”, “Canção Popular e Pássaros do Brasil”, “Música Surda”, “Cavaquinho” ou “Guitarra”.
A noite dos Museus é uma proposta do ICOM (Conselho Internacional de Museus), que este ano tem como tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”.
  Museu de Portimão
O Museu de Portimão celebra o seu 10º aniversário. No dia 19 de maio, das 09h00 às 23h00, terá lugar a 18º Corrida Fotográfica, este ano com modalidade noturna.
Às 16h00 inauguração da exposição “Gentes da terra e do mar”. Esta iniciativa ocupará as duas salas de exposição temporárias e permitirá um olhar sobre duas realidades que sempre estiveram presentes na evolução de Portimão.  
Pelas 17h30 bolo de aniversário e pelas 21h00 o espetáculo de luz e cor que oferece uma nova vida à fachada da antiga Fábrica Conserveira e a performance de dança contemporânea “Petingas em rede, pela Dancenema, convida a descobrir as Guitarras do Conservatório de Musica de Portimão e o outro lado do Museu com uma lanterna na mão.
Museu Municipal de Oliveira de Frades
No dia 18 de maio, Dia Internacional do Museus, o Municipio de Oliveira de Frades vai comemorar esta data com uma Palestra com o tema «História e Património Local» tendo como orador Dr. Carlos Rodrigues. A Palestra, aberta ao público, vai ter lugar no Auditório do Museu Municipal de Oliveira de Frades, a partir das 16h30.
Os Museus da  Marinha Grande
Na próxima sexta-feira, 18 de maio, pelas 21h00, o Museu do Vidro recebe a iniciativa “Noite dos Museus”, que inclui a inauguração da exposição “Fratelli Toso” e o concerto do Quarteto D. Dinis, do Orfeão de Leiria, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus (DIM). A entrada é gratuita.
O programa completo do DIM é dinamizado pela Câmara Municipal e decorre de 18 a 25 de maio, com o objetivo de divulgar os espaços museológicos da cidade.
18 de maio | entrada gratuita no Museu Joaquim Correia
18, 19 e 20 de maio | entradas gratuitas no Museu do Vidro
18 de maio | Noite dos Museus
Abertura do Museu, das 21h00 às 24h00
21h30 | Inauguração da exposição temporária "Fratelli Toso, 1910-1970", acompanhada de atuação do Quarteto D. Dinis, do Orfeão de Leiria no interior do Palácio Stephens.
Exposição "Fratelli Toso, 1910-1970"
Fundada em Murano - Veneza no ano de 1854 pelos irmãos Toso, a fábrica Fratelli Toso deu um importante contributo para a história do vidro de Murano, não só pela sua importância na renovação artística do vidro de Murano no século XIX, mas também pelo desenvolvimento e aperfeiçoamento da utilização das técnicas de murrine ou millefiori na produção de vidro manual.
A história e percurso desta fábrica é-nos contada através da coleção de Lutz H. Holz, que desde há vários anos tem vindo a reunir um importante acervo de vidro de Murano.
A exposição Fratelli Toso 1910-1970 dá-nos a conhecer cerca de 60 anos de produção desta fábrica histórica, através de alguns dos melhores exemplares em vidro de Murano produzidos pela Fratelli Toso, realizados através de técnicas tradicionais venezianas, numa combinação de história, arte e ciência do vidro.
19 de maio
15h30 | Jardim Stephens
Espetáculo com a Banda Filarmónica das Cortes
A Filarmónica das Cortes, do concelho de Leiria, terá sido fundada em 1878, mas a sua oficialização é de 31 de Janeiro de 1881, data em que foi feita a escritura pública de constituição. Ficou histórica a sua intervenção, com outras Filarmónicas, na recepção ao jovem Rei D. Manuel II, em Leiria, em Outubro de 1909. Desde a sua fundação até aos nossos dias, a Filarmónica tem conseguido manter a sua atividade de forma regular, resistindo às crises e guerras que o país e o mundo foram atravessando.
A sua Academia de Música, com cerca de 45 alunos vai formando os jovens que vão mantendo a Filarmónica em plena atividade, permitindo-lhe atuar nas romarias, concertos sinfónicos, concerto com coros, encontros com outras filarmónicas nacionais e internacionais.
A Sociedade Artística e Musical Cortense conta com 50 elementos na Filarmónica, 20 na Classe Juvenil, 45 no Coro adulto e 15 no Classe de Coro Infantil.
A Filarmónica toca quase todo o género de música: clássica, religiosa, popular, ligeira, pop-rock, tentando assim, cativar os seus elementos e chegar ao maior número de ouvintes, demonstrando que estes grupos têm conseguido acompanhar os tempos modernos.
Este espetáculo insere-se na Candidatura CIMRL Região de Leiria Rede Cultural.
Entrada livre.
20 de maio
11h00 | Casa da Cultura
MÃO VERDE com CAPICUA & PEDRO GERALDES
Espetáculo para crianças com música de Pedro Geraldes e lenga lengas originais cantaroladas por Capicua. “Mão Verde” é um concerto temático, em torno das plantas, da agricultura, da alimentação, dos cheiros das ervas aromáticas, da cor das flores e com uma clara motivação ecologista.
Durante cerca de uma hora, sempre com momentos de interação com o público, sucedem-se canções alegres, com mensagens importantes, numa abordagem tão inteligente quanto engraçada dos temas quotidianos e do universo verde que nos rodeia; rimas, histórias, rap e jogos de palavras, sobre batidas coloridas e acompanhadas por diversos instrumentos tocados ao vivo.
Este espetáculo deu, entretanto, origem a um disco e um livro, ou melhor a um “lisco” e um “divro” que, sendo para crianças, não se quer infantil; o disco tem música de Pedro Geraldes e lengalengas originais escritas e cantaroladas por Capicua e o livro, além das lengalengas escritas no papel, tem ilustrações de Maria Herreros e notas didáticas que ajudam a aprofundar o conteúdo das letras.
Uma encomenda do Teatro Municipal São Luiz – Dezembro 2015
Duração | 50m
Classificação Etária | M/3 anos
Preço | 3€
21 a 25 de maio | Visita à exposição "Contemporâneos VI, Vidro Artístico Contemporâneo Português"
Sessões às 09h30 e 10h30
Duração: 1 hora
Local: Núcleo de Arte Contemporânea do Museu do Vidro
Visita à exposição temporária, em que de seguida as crianças realizarão um desenho acerca da exposição e dos trabalhos que terão oportunidade de conhecer, pretendendo-se estimular o gosto pelas artes desde cedo.
Publico alvo: crianças dos 3 aos 6 anos, a frequentar os Jardins-de-infância do concelho.
Participação gratuita.
Museu do Fado – Lisboa
No dia 18 de maio o Museu do Fado celebra o Dia Internacional dos Museus.
O programa prevê pelas 15h00 guitarradas com os alunos da Escola do Museu do Fado e pelas 16h00, 17h00 e 18h00, desgarradas com Jaime Dias e Pedro Galveias; Vítor Miranda e Diogo Rocha.
 
Museu de Aljube – Lisboa
Prosseguem as Visitas Orientadas ao Museu de Aljube, mensalmente. A próxima será no sábado, dia 19 de maio, às 15h00. O objectivo é conhecer a exposição permanente bem como a exposição temporária “José Dias Coelho-Artista Militante Revolucionário”.    
 
Museu do Dinheiro – Lisboa
No dia 19 de maio, em que se celebra o Aniversário do Museu do Dinheiro e o Dia Internacional dos Museus são estas as atividades previstas neste museu:
10h00
OFICINA PAIS E FILHOS
Arquitetar ideias (90 min.)
Para crianças (>8 anos) com acompanhante adulto | Marcação prévia
11h00
VISITA REGULAR
Muralha de D. Dinis (45 min.)
Para adultos e jovens (> 14 anos) | Marcação prévia
12h00
TEATRO
Isto (não) é um museu! (30 min.)
Todos os públicos (> 10 anos) | Marcação prévia
14h30
VISITA REGULAR
Museu do Dinheiro: percurso pela coleção (90 min.)
Para adultos e jovens (> 14 anos) | Marcação prévia
15h30
QUEM É QUEM | TEATRO
Em cena com... Marquês de Pombal (30 min.)
Todos os públicos (> 10 anos) | Marcação prévia
16h00
TEATRO
Isto (não) é um museu! (30 min.)
Todos os públicos (> 10 anos) | Marcação prévia
17h00
QUEM É QUEM | TEATRO
Em cena com... Marquês de Pombal (30 min.)
Todos os públicos (> 10 anos) | Marcação prévia
18h00
TEATRO
Isto (não) é um museu! (30 min.)
Todos os públicos (> 10 anos) | Marcação prévia
Museu da Marioneta
No dia 18 de maio pelas 21h30 e com entrada livre vai ser possível ouvir Sérgio Godinho acompanhado por Filipe Raposo, num concerto de voz e piano
Cantor, compositor, escritor, actor (de teatro e cinema), Sérgio Godinho é, para citar uma das suas canções, o verdadeiro, «o homem dos sete instrumentos».
Em palco, aventurou-se recentemente numa parceria inédita – um recital de voz e piano. “Explorar de uma outra forma as minhas canções foi uma bela maneira de pensar em mim próprio e nas vidas criativas que fui atravessando. Escolhi algumas entre muitas, de amores desamores confortos desconformidades redenções, e convidei apenas um pianista, o grande”.
 

Mensagens populares