Sugestões de Norte a Sul

Vamos lá dar uma voltinha por tudo o que movimenta Portugal, saia de casa e seja feliz!
Almada
O 44.º aniversário da conquista da Liberdade é assinalado pela Assembleia Municipal de Almada com uma sessão solene, na manhã do dia 25 de abril, a partir das 9 horas, no átrio do Fórum Municipal Romeu Correia.
A partir das 10 horas, as coletividades do concelho realizam o tradicional desfile, no centro de Almada, organizado pelas uniões  e junta de freguesia.
A partir das 21h30, o Auditório Municipal Fernando Lopes-Graça é palco do espetáculo Canções Possíveis, Poemas Heroicos – As Notas e Palavras de Dois “Lunáticos”. Um concerto comemorativo único, com entrada livre, sobre a obra do compositor Fernando Lopes-Graça e do escritor José Saramago, duas personalidades que marcaram a cultura contemporânea erudita de Portugal, com direção musical de Nuno Tavares e composição de André M. Santos.
Cabeceiras de Basto
No próximo dia 3 de maio, pelas 18h00, na Casa do Tempo, em Cabeceiras de Basto, o workshop ‘Marketing do património edificado’ reunirá um painel de especialistas composto por Rosário Machado, Diretora do Centro de Estudos do Românico e Território, Luís Pedro Martins, Diretor Executivo da Torre dos Clérigos, e Inês Gonçalves, Arquiteta. Uma iniciativa inserida no programa cultural ‘Mosteiro de Emoções’, que até julho de 2019 oferece mais de duas dezenas de iniciativas desenvolvidas em três eixos temáticos: Cultura/Artes Performativas, Gastronomia/Sabores e Saúde e Bem-Estar.
Os oradores convidados irão assim divulgar as boas práticas de marketing, enquanto conjunto organizado e planeado de técnicas para a conceção, dinamização e promoção de oferta cultural e turístico-patrimonial edificada, tangível, junto de agentes dinamização cultural, turística, económica, associativa do concelho. Procurar-se-á tecer um manto de relações possíveis e desejáveis entre os produtos culturais e a comunicação, e entre aqueles e os produtos turísticos complementares, como a hotelaria, alojamento local, doçaria, restauração, turismo rural, animação turística, agricultura biológica e rotas.
O turismo é uma das atividades económicas com maior dinamismo no mundo atual e com um enorme potencial de desenvolvimento, assente, sobretudo, na diversificação económica e na valorização de recursos endógenos. A cidade de Cabeceiras de Basto apresenta-se como um excelente exemplo do potencial do turismo como fator de desenvolvimento.
O património cultural da cidade é um dos recursos endógenos mais importantes da cidade, englobando um património natural de elevado valor ambiental e paisagístico. Um passeio pelo concelho leva o visitante numa viagem, através do tempo, às pontes medievais de Cavez e Painzela, aos pelourinhos de Abadim e Refojos, ao fojo do lobo da Uz, às inúmeras capelas e casas senhoriais existentes e a todo um conjunto de monumentos de grande valor cultural e patrimonial. Dois terços do território integram o perímetro da Serra da Cabreira e a parte sul do concelho é fortemente marcada pelo Rio Tâmega. Esta conjugação da montanha com o vale conferiu a este território paisagens naturais de extraordinária beleza.
A identidade é um fator fulcral sobre o qual a cidade constrói a sua imagem, as suas raízes e é nela que se encontra um dos principais fatores de atração de turistas. Em Cabeceiras de Basto há um património edificado, aliado à história e à cultura Cabeceirense, como motivos de interesse turístico que queremos potenciar cada vez mais, certos de que o Turismo é uma indústria que promoverá o território e, consequentemente, a economia local. Da aposta do Município em políticas de valorização deste território, do património e dos recursos endógenos resulta, por exemplo, o ‘Mosteiro de Emoções’, a organização de Seminários Internacionais relacionados com a presença dos Beneditinos em Cabeceiras de Basto, ou a organização de eventos desportivos de dimensão internacional, como o Rally de Portugal, entre tantos outros.
Além do Mosteiro de S. Miguel de Refojos e d’ ‘O Basto’, estátua que encerra a história e lenda ligada à bravura e honradez das gentes de Cabeceiras de Basto, podemos enumerar outros atrativos culturais como o Museu das Terras de Basto, que integra o Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe, o Núcleo de Arte Sacra, a Casa da Lã e a Casa do Pão, bem como a Ponte de Cavez sobre o rio Tâmega, monumento classificado, que tem associada a passagem, por Cabeceiras de Basto, do escritor Camilo Castelo Branco. Muito próximo desta ponte, temos uma Pista Internacional de Pesca Desportiva que atrai, todas as semanas, provas e concursos de âmbito regional, nacional e internacional.
Há ainda o Centro Hípico e o Centro de Educação Ambiental, uma Pista para Ultraleves, piscinas, pavilhões desportivos e ricas zonas de banho e lazer espalhadas um pouco por todo o concelho, e a recente construção de um verdadeiro Centro Interpretativo do concelho – A Casa do Tempo – também Centro UNESCO, equipamentos que cativam um grande número de utilizadores e visitantes.
Associado a todo este património está uma magnífica gastronomia com produtos de qualidade certificados, como sejam as carnes ‘Barrosã’ e ‘Maronesa’, o cabrito das ‘Terras Altas do Minho’, o ‘Mel de Basto’, os ‘Vinhos Verdes’, mas também a broa, o fumeiro, as compotas, os licores, entre outros, que podem ser degustados em vários restaurantes locais, já referenciados positivamente por inúmeros críticos e publicações. Numa recente publicação sobre os 1.200 melhores restaurantes do país, Cabeceiras de Basto apresenta três restaurantes referenciados.
Castro Marim
Odeleite vai estar em festa no 1º de Maio. Uma das maiores atrações dos últimos anos é a exposição dos “Maios”, tradição de provável origem pagã, que celebra a Primavera e o rito da fertilidade de um novo ciclo da natureza. Aos Maios juntam-se as flores, que adornam toda a aldeia. Pitoresca e reconhecida pela sua singularidade, a “Aldeia Florida” oferece um agradável passeio por entre as ruas, pátios, recantos e janelas coloridas pela chegada das flores.
À beleza da aldeia junta-se então a Festa do 1º de Maio, que assinala a luta pelos direitos dos trabalhadores. A ribeira de Odeleite proporciona, durante todo o dia, diversas atividades, como insufláveis, slide, canoagem e escalada. Às 9h30 poderá também participar num passeio pedestre, organizado pela empresa Alemvila Tours, com passagem pelos melhores “miradouros” de Odeleite (inscrições: geral@alemvilatours.com | 967 202 846 | 968 898 481).  
A já tradicional sardinhada, gratuita, começa às 12h00 e a tarde continua animada, com um baile com “Sérgio Conceição”, a atuação do Rancho Folclórico de santo Estevão e o espetáculo dos “Sons do Minho”, pelas 18h00. Em simultâneo decorre um Mercadinho, com venda de artesanato e doçaria local e regional.
O “Dia do trabalhador” é organizado pela Associação Social da Freguesia de Odeleite com a parceria da Junta de Freguesia de Odeleite e do Município de Castro Marim.
 
Marinha Grande
André Sardet e a dupla Capicua & Pedro Geraldes atuam na Casa da Cultura Teatro Stephens, na Marinha Grande, nos dias 5 e 20 de maio, respetivamente mas existe mais para destacar:
5 de maio . sábado . 21h30
ANDRÉ SARDET | CONCERTO COMEMORATIVO DO DIA DA MÃE
Com 19 anos de carreira, entre seis álbuns, muitos espetáculos e muitas vitórias, André Sardet é hoje um nome unanimemente reconhecido pela crítica e pelo público no panorama musical português.
André edita o primeiro álbum de originais aos 20 anos, em 1996, depois de se dar a conhecer ao público através da televisão. IMAGENS é o seu primeiro grande passo no mundo da música, uma aposta sólida, que rapidamente coloca o single O Azul do Céu nos primeiros lugares dos tops de várias rádios nacionais e locais.Dois anos depois, volta com o lançamento de AGITAR ANTES DE USAR, que inclui temas como Perto mais perto e Quando te falei de amor que espelham uma busca intensa pela afirmação de uma identidade musical. A confirmação dessa identidade, chega em 2002, quando edita o terceiro álbum ANDRÉ SARDET, homónimo, que mostra uma faceta muito pessoal e madura do músico.
Mas é com ACÚSTICO que Sardet convence definitivamente o público português, em Julho de 2006, ao comemorar 10 anos de carreira, num álbum que revisita e atualiza as suas composições de maior sucesso, ao mesmo tempo que as aproxima da sua essência. O álbum foi gravado em 2004, ao vivo e em formato acústico, no Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra de onde André Sardet é natural e conta com 16 temas gravados sem rede, em tempo real e com total partilha com o público. Poucas semanas depois de chegar ao mercado, ACÚSTICO alcança o primeiro lugar do top de vendas nacional, onde permanece 55 semanas, 12 das quais em primeiro lugar. Entre 2006 e 2007, ultrapassa as 150 mil cópias vendidas e alcança o galardão de sétima platina.
O sucesso estende-se à estrada: mais de 130 espetáculos ao vivo, aplaudidos de Norte a Sul em salas e recintos esgotados, desde que lançou o quarto álbum. 
A imaginação não tem limites na música e no mundo de André Sardet, e é então que surge, em 2008, o álbum de originais, MUNDO DE CARTÃO. Num álbum completamente diferente do que se esperava depois do sucesso de Acústico e de dois anos com centenas de concertos e muitos aplausos, André Sardet mostra o lado mais divertido e colorido da vida através das suas músicas. MUNDO DE CARTÃO é um projeto familiar, que André começou a compor envolvido numa orgulhosa e intensa paternidade e que convida pais e filhos a viajarem no seu imaginário, a partilharem experiências e a (re)viverem momentos de vida únicos.Ao longo da carreira, André Sardet esteve sempre lado a lado com projetos de solidariedade e na luta pela consolidação da música portuguesa. Em 2011, André Sardet regressa à linha musical construída ao longo de uma carreira de 15 anos. PÁRA, ESCUTA E OLHA é gravado em estúdio mas como se de um espetáculo se tratasse. Por gostar mais de se ouvir quando grava um álbum ao vivo, porque considera que há menos formalismo, André decidiu gravar tudo à primeira, sem cortes nem manhas de estúdio certamente uma opção que não é para quem quer mas para quem pode. No ano de 2014 surge a música A Seta da autoria de André Sardet e é interpretada pelo próprio em dueto com Mayra Andrade. Este foi o tema principal da banda sonora do filme de Joaquim Leitão."
Preço | 15€
 
20 de maio . domingo . 11h00
MÃO VERDE com CAPICUA & PEDRO GERALDES
Espetáculo para crianças com música de Pedro Geraldes e lenga lengas originais cantaroladas por Capicua.
“Mão Verde” é um concerto temático, em torno das plantas, da agricultura, da alimentação, dos cheiros das ervas aromáticas, da cor das flores e com uma clara motivação ecologista. Resulta de uma encomenda do Teatro Municipal de São Luiz, em Dezembro de 2015.
Durante cerca de uma hora, sempre com momentos de interação com o público, sucedem-se canções alegres, com mensagens importantes, numa abordagem tão inteligente quanto engraçada dos temas quotidianos e do universo verde que nos rodeia; rimas, histórias, rap e jogos de palavras, sobre batidas coloridas e acompanhadas por diversos instrumentos tocados ao vivo.
Este espetáculo deu, entretanto, origem a um disco e um livro, ou melhor a um “lisco” e um “divro” que, sendo para crianças, não se quer infantil; o disco tem música de Pedro Geraldes e lengalengas originais escritas e cantaroladas por Capicua e o livro, além das lengalengas escritas no papel, tem ilustrações de Maria Herreros e notas didáticas que ajudam a aprofundar o conteúdo das letras.
Ter a “mão verde” nasce da tradução de uma expressão francesa, que significa ter jeito para as plantas e talento para a jardinagem.
Assim sendo, o “Mão Verde” é a celebração desse cuidado e serve para inspirar pequenos jardineiros.
Duração | 50m
Classificação Etária | M/3 anos
Preço | 3€
 
Portimão
Durante todo o mês de maio, e sob a expressão nacional “Gosta do Teu Mercado”, o Mercado da Avenida São João de Deus associa-se à campanha internacional “Love Your Local Market”, uma campanha coordenada e apoiada desde 2014 pela “World Union of Wholesale Markets” (WUWM) que, no ano passado, envolveu mais de 3.000 mercados de 17 países.
Em parceria com a SIMAB, o Mercado adere, desta forma, a esta iniciativa de âmbito internacional dinamizando um conjunto de atividades especiais durante todo mês, estando previstas promoções e ofertas especiais em todos os setores comerciais deste espaço comercial, demonstrações e degustações culinárias a cargo de Chefs de renome nacional, entretenimento e, ainda, animação, com a iniciativa especial “H(À) Noite no Mercado”, agendada para o próximo dia 12 de maio.
Com o mote definido para 2018 – “Mercados: Perto do Coração” – a adesão a esta iniciativa tem como propósito aproximar este equipamento da população, incitando à proximidade física entre comerciantes e clientes, e ao reconhecimento da qualidade e frescura dos produtos neste mercado comercializados.
Exemplo vivo da prossecução desta aproximação do mercado à população local, é a ação especial “(H)À Noite no Mercado”, agendada para a noite de 12 de maio, que, entre as 19h30 e as 00h30, dinamizará no espaço comercial a edição especial do Choque Frontal evento produzido pela rádio Alvor FM, tendo como convidada a banda Brasa Doirada, decorrendo por ocasião da mesma um desfile de moda com modelos portimonenses, organizado e produzido pela marca local Purple. De referir que as roupas são da autoria de Ana Ben Ami, e os modelos serão penteados pelo cabeleireiro Vítor Picardo e maquilhados pela Sandra Martins Make-Up, numa iniciativa que se pretende local e de aproximação entre os operadores do mercado, o próprio comércio e população local.
“(H)À Noite no Mercado” contará ainda com tasquinhas e a participação espaço da Rota dos Vinhos do Algarve, consistindo numa oportunidade única para os visitantes visitarem este equipamento fora de horas e adquirirem os frescos diretamente junto dos operadores que se farão, de igual modo, representar na iniciativa noturna.
 
Setúbal
As tendências de verão de coleções de roupa e acessórios de lojas da Baixa de Setúbal e do jovem criador João Pedro desfilam no dia 28, no Setúbal Fashion Weekend Verão 2018.
Perto de seis dezenas de modelos, entre os 4 e os 30 anos, participam nos dois desfiles do evento, organizado pela DerivaStatus Associação e pela Câmara Municipal de Setúbal, com o apoio de comerciantes da Baixa, a realizar na Praça de Bocage, defronte dos Paços do Concelho.
O primeiro desfile, marcado para as 15h00, é dedicado à moda infantil com as propostas da Activ Kids, Puro Mimo e Totinhas.
À noite, a partir das 21h30, são mostradas as mais recentes novidades do estilista João Pedro e das lojas SMS, C&MAR, Do It, Due Colore, Classic Men, Sara’s Secret e Ana de Sousa. Estão também previstos apontamentos musicais.
O Setúbal Fashion Weekend visa valorizar novos modelos, novos criadores e novas tendências, além de contribuir para reforçar o programa de revitalização da Baixa da cidade, através de passagens de modelos com roupas e acessórios de lojas locais.
 
Sobral de Monte Agraço
No dia 6 de maio, equipe-se com roupa e calçado confortável e parta à descoberta das formas, das cores e das dimensões que nos rodeiam. Após a recolha dos mais diversos materiais existentes na natureza, pode dar asas à imaginação e começar a tecelagem.
 Esta atividade foca-se na perceção de paisagem e na capacidade de a captar e recriar através da utilização de materiais naturais.
Inscrições: Limitadas e obrigatórias até dia 4 de maio
Público-alvo: Crianças a partir dos 7 anos e Famílias
Valor: 3€ por participante
 
Vouzela
Pelo quarto ano consecutivo, o concelho de Vouzela vai receber duas etapas do Portugal  MTB, um evento internacional de mountain bike que decorrerá de 1 a 6 de maio nos concelhos de Viseu, Castro Daire, São Pedro do Sul e Vouzela.
No concelho de Vouzela, a prova irá desenrolar-se entre os dias 5 e 6 de maio, tendo como palco privilegiado as paisagens do Parque Natural Local Vouga Caramulo - Vouzela. 
Em seis dias de competição, os atletas vão realizar mais de 300 kms. O concelho de Vouzela vai estar representado pelo Vasconha BTT Vouzela, que irá marcar presença na competição e continuar na senda dos bons resultados desportivos que tem alcançado durante a época.
O evento conta uma vez mais com o apoio da Câmara Municipal de Vouzela.
 
 

Mensagens populares