O que fazer por cá – exposições e muito mais

Almada
Em fevereiro, aos sábados, a Rede Municipal de Bibliotecas, a Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea e o Centro de Interpretação de Almada Velha propõem perto de duas dezenas de atividades lúdicas gratuitas para os mais novos.
Nas bibliotecas municipais (em Almada, no Feijó e na Caparica), é possível assistir às horas do conto ou participar nas oficinas lúdicas e pedagógicas, como «Uma aventura lixomusical», dia 10 de fevereiro, na Biblioteca Municipal de Almada, em que os mais novos são desafiados a «reciclar para musicar», com criatividade, construindo instrumentos musicais a partir de objetos vulgares como uma garrafa ou um rolo de cozinha.
No dia 17 de fevereiro, na Biblioteca Municipal Maria Lamas, na Caparica, as crianças entre os 6 e os 10 anos, vão percorrer o universo das palavras e desvendar novos sentidos para as mesmas, na oficina «Viagem pelas palavras».
Já o Centro de Interpretação de Almada Velha propõe partir à descoberta das histórias no núcleo histórico da cidade, nos dias 14 e 24 de fevereiro.
 Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea
10 de fevereiro
16h: Visita orientada Casa com Jardim
10 de fevereiro
15h: Visita orientada ao Chão das Artes – Jardim Botânico
17 de fevereiro
17h: Oficina de Retratos de família com Câmaras de Desenhar
 
Centro de Interpretação de Almada Velha
14 de fevereiro
10h | 14h: Investigando por Almada Velha
24 de fevereiro
15h: Percurso por Almada Velha
 
 Biblioteca Municipal de Almada
3 de fevereiro
11h:  Miminhos e Leituras “Tal como tu!”, de Guido Van Genechten
16h: Hora do conto “O lobo que queria ser artista”, de Orianne Lallemand
10 de fevereiro
16h: Oficina “Uma aventura lixomusical”
17 de fevereiro
16h: Hora do conto “Um lobo culto”, de Becky Bloom
24 de fevereiro
16h: Oficina “Pintura no azulejo!”
 
 Biblioteca Municipal José Saramago
3 de fevereiro
16h: Oficina “Desenha a tua casa”
10 de fevereiro
11h: Hora do conto “Adeus Peúgas”, de Benjamin Chaud
17 de fevereiro
11h: Hora do conto “Quero a minha fralda”, de Amber Stewart e Layn Marlow
16h: Oficina “Etiquetas com histórias!”
24 de fevereiro
16h:  Hora do conto “Quem será o meu jantar?”, de Claire Freedman e Nick East
 
 Biblioteca Municipal Maria Lamas
3 de fevereiro
16h: Hora do conto “Os lugares de Maria”, de Margarida Botelho
17 de fevereiro
16h: Oficina “Viagem pelas palavras”
 
Barcelos
 “Louças de Barcelos – Uma Arte Intemporal” é o nome da exposição que estará patente entre 19 de janeiro a 4 de março, na Torre Medieval em Barcelos.
 A mostra, organizada pela Câmara Municipal de Barcelos, reúne peças de dez oleiros e cerâmicas de Barcelos.
 A exposição, que visa retratar o percurso das louças e da cerâmica em geral no concelho de Barcelos, tem por objeto mostrar a evolução que este setor teve ao longo do tempo, tendo por base a gramática e os saberes tradicionais da olaria barcelense.
 Uma arte temporal que, elencada nos saberes tradicionais, conseguiu criar novas formas e novos contextos que lhe proporcionaram, o maior e melhor enquadramento no quotidiano e nas tendências utilitárias  e decorativas da actualidade, deixando em muitos casos a função unicamente utilitária de outrora, bem como criando novos contextos de utilidade adaptados aos contextos utilitários da sociedade atual.
 Esta exposição pretende, também, mostrar a vivacidade deste setor no concelho de Barcelos e dar notoriedade aos agentes que nele laboram
 Por outro lado, no âmbito da participação de Barcelos na Rede Mundial das Cidades Criativas, cria-se um ciclo de dinamização desta produção certificada e encontrar novos caminhos para a sua internacionalização e consequente procura de novos de canais de distribuição.
 A exposição pode ser vista até 4 de março, todos os dias, das 9h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00. A entrada é livre.
 
Lisboa
O Museu Bordalo Pinheiro em Lisboa assinala os 113 anos da morte de Rafael com uma conversa aberta entre Vasco Gargalo e David Santos, tem entrada livre e data marcada para dia 23 de Janeiro pelas 18h30.
 
Marinha Grande
A Galeria Municipal da Marinha Grande, localizada no Jardim Stephens, tem patente a exposição coletiva de pintura e cerâmica “Porque”, de 27 de janeiro a 24 de fevereiro.
A exposição de artes plásticas e cerâmica contemporânea intitulada “Porque”, explora as motivações do poema homónimo de Sophia de Mello Breyner Andresen. As obras expostas da autoria dos artistas Luís Gonçalves (artista plástico) e Sandra Trindade (ceramista) do ateliê Espaço 23 (handmade cerâmica), incorporam as vivências e as emoções de quem precisa do mar para sentir a sua existência.
A exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00. A entrada é gratuita.
A Casa da Cultura Teatro Stephens, situada na Praça Guilherme Stephens apresenta os concertos de Mazgani e Paulo Gonzo, e duas peças de teatro infantil, nos meses de janeiro e fevereiro.
A Casa da Cultura Teatro Stephens tem a seguinte programação nos meses de janeiro e fevereiro:
18 de janeiro . quinta-feira . 21h30
MAZGANI “THE POET'S DEATH”
Sinopse:
Espetáculo Comemorativo da Revolta Operária de 18 de janeiro de 1934
Mazgani editou no passado dia 29 de setembro o seu quinto trabalho de longa duração - The Poet’s Death, pela Sony Music.
Mazgani armadilha com absoluta consciência a sua própria engenharia de fazedor de canções. Para escrever The Poet’s Death, tentou encontrar novos processos, novos locais onde deixar as palavras emergirem, novas posições na guitarra que os dedos não conheçam de cor. “Uma tentativa de mapear novas geografias interiores”, resume. The Poet’s Death fareja constantemente esses novos rumos, sem ter de fazer um espectáculo disso, sempre com a graciosidade de quem tenta novos caminhos sabendo que vai chegar ao mesmo sítio. Afinal, Mazgani está convencido de que escreve sempre a mesma canção. Por muito que assuma sempre jeitos diferentes(…).” 
Preço | 12,50€
 
20 de janeiro . sábado . 16h00
“HISTÓRIA DO JOÃO PATETA” pela Porta 27 Associação Cultural
Sinopse:
Parecia que o Conde Acácio nunca ia poder viver a sua vida sem se preocupar com a filha Rosalinda. Parecia que a jovem Rosalinda nunca ia ultrapassar o trauma e viver sozinha sem depender do pai. Parecia que a D. Lurdes ia passar o resto da vida a trabalhar de sol a sol para sustentar o filho. E parecia que o João ia passar o resto da vida com a cabeça na lua. Mas não, quando os seus caminhos se cruzam, as vidas de todas estas personagens mudam para sempre.
Preço | 1€
 
14 de fevereiro . quarta . 21h30
CONCERTO DIA DOS NAMORADOS | PAULO GONZO “DIZ-ME” #Concertos Íntimos#
Sinopse |
A 14 de Fevereiro, PAULO GONZO apresenta ao vivo o novo álbum “DIZ-ME” na Casa da Cultura Teatro Stephens.
“DIZ-ME” é o novo álbum editado no passado dia 24 de março 2017, que entrou diretamente para o primeiro lugar do Top Nacional de Vendas.
Com mais de quarenta anos de carreira, Paulo Gonzo continua a conquistar o seu público sendo uma referência obrigatória da música pop produzida em Portugal nas últimas quatro décadas.
Com o seu espetáculo “Intimista” destinado a auditórios e locais especiais, explora diferentes abordagens do repertório de sempre, Paulo Gonzo é um artista que consegue apelar tanto ao público feminino, como ao masculino, cantor, compositor e performer, fazem deste músico, um dos melhores artistas portugueses da atualidade.
Um espetáculo de grande qualidade artística repleto de êxitos intemporais. O artista tem ao longo dos anos apresentado músicas de que nos apropriámos, histórias em que nos revemos, autêntica banda sonora das nossas vidas, numa voz única e vivida de Paulo Gonzo.
Preço | 15€
 
17 de fevereiro . sábado. 16h00
“OS PIRATAS” teatro infantil pela Caixa de Palco
Sinopse |
Entre o sonho e a realidade, Manuel, um jovem rapaz, vê-se envolvido numa misteriosa aventura, quando, sem saber bem como, nem porquê, entra a bordo de um navio de piratas.
Numa adaptação divertida e empolgante, a Caixa de Palco promete fazer o público viajar num imaginário de barcos e capitães, de sonhos e fantasias, com muitas gargalhadas e boa disposição à mistura.
Preço | 2€
 
Melgaço
De janeiro a abril, ‘All Music Fest’ vai animar Melgaço: a iniciativa enquadra-se no programa cultural do Município de Melgaço e traz ao concelho cinco concertos, de vários géneros musicais: pop, rock e alternativa.
‘All Music Fest’ promete noites agradáveis para residentes e turistas. A onda dos concertos tem início no dia 19 de janeiro, com Manuel Fúria, e lugar na Casa da Cultura. Os concertos acontecem sempre no mesmo local e sempre às 22h00.
PROGRAMA
Janeiro: Manuel Fúria | Dia 19 
Fevereiro: Few Fingers | Dia 23
Março: Hourglass | Dia 10
TT Syndicate | Dia 24
Abril: Lince  | Dia 13
A entrada tem um custo de dois euros.
Porto
A Bienal de Pintura do Eixo Atlântico 2017-2018 chega à sua XII edição, expondo 29 trabalhos inéditos de artistas naturais ou residentes no Norte de Portugal e na Galiza, selecionados entre mais de 100 trabalhos admitidos a concurso.
 
Até 30 de Janeiro de 2018, estará patente no Palácio das Artes da Fundação da Juventude a XII edição da Bienal de Pintura que seguirá para dar se conhecer ao público em mais 11 cidades, com encerramento marcado para dezembro de 2018.
Consciente de que a cultura ocupa um lugar central na construção e desenvolvimento da Euro-região e do seu sistema urbano, a Bienal de Pintura do Eixo Atlântico constitui um dos programas mais queridos, de maior êxito e participação.
Com um programa com já mais de 20 anos, esta é uma iniciativa que constitui um estímulo à criação artística, possibilitando simultaneamente o intercâmbio cultural e o conhecimento de artistas, que no noroeste peninsular tem vindo a contribuir para uma maior dinâmica do panorama cultural europeu.
Para além disso, o prémio de Novos Talentos Luso – Galaicos pretende estimular o esforço e a criatividade dos mais jovens, e que suscita um futuro culturalmente rico e diversificado.
Organizada pelo Eixo Atlântico juntamente com a Fundação da Juventude e a Secretaria Geral de Cultura da Xunta de Galícia, a Bienal, que é já considerada uma das três maiores exposições de pintura da Península Ibérica, é hoje um verdadeiro impulso à criatividade dos artistas e à criação de valor no património artístico.
 
Vouzela
Cinclus Fest – VIII Festival de Imagem de Natureza de Vouzela reúne grandes nomes da fotografia nacional e internacional
Maior evento nacional de fotografia de natureza realiza-se de 26 a 28 de janeiro em Vouzela
Grandes nomes nacionais e internacionais da fotografia de natureza vão voltar a reunir-se em Vouzela onde vão partilhar o seu trabalho através de palestras, workshops e exposições.
Para a edição deste ano estão confirmados oito fotógrafos e um ilustrador. De Portugal vêm João Quaresma, João Cosme, Marco Santos Marques, Ricardo Lourenço e o ilustrador Pedro Salgado, da Suécia Staffan Widstrand, Laurent Geslin da Suíça e da Hungria e Noruega o casal Orsolya e Erland Haarberg.
Para além das palestras destes fotógrafos, o programa deste ano conta ainda com a exposição “GENERG – Fotógrafo de Natureza do Ano”, uma exposição que reúne as melhores imagens enviadas ao concurso, patente no Museu Municipal e a exposição “Despertar Consciências”, uma mostra que evidencia o impacto destrutivo dos incêndios de outubro que devastaram grande parte do Parque Natural Vouga Caramulo – Vouzela.
O Cinclus Fest tem como grande objetivo a promoção e conservação da natureza através da imagem, enquadrando-se na estratégia do Município de valorização do Parque Natural Local Vouga-Caramulo (Vouzela) e dos seus recursos. O Cinclus é também uma das iniciativas de excelência no âmbito do PROVERE iNature, facto que, ao abrigo deste programa para intervenção em áreas classificadas, garantirá financiamento à realização do evento durante três anos.
PROGRAMA:
26 JANEIRO
21h30 - Entrega dos Prémios Generg - Fotógrafo de Natureza do Ano
Entrega dos prémios do concurso juvenil
 Cine-teatro de Vouzela
 
27 JANEIRO
10h30 - Inauguração das exposições: "No Trilho do Lobo" por João Cosme
 Museu Municipal de Vouzela
11h45 – Degustação de cogumelos
 Sala Binaural
13h15 – Pausa para almoço
15h15 - Abertura do VIII Cinclus Festival de Imagem de Natureza de Vouzela
Presidente da Câmara de Vouzela, Engº Rui Ladeira
Secretário de Estado das Florestas, Miguel Freitas
 Cineteatro João Ribeiro
15h30 – "7 meses no mar dos Açores", por João Quaresma
16h – “Ilustração científica: a produção de imagens para comunicar factos e conceitos da ciência ”, por Pedro Salgado
16h30 - “Rios de Montanha, nos domínios do Melro d'água”, por João Cosme
17h - Intervalo
17h40 - "Islândia" por Orsolya e Erlend Haarberg
18h10 -  “Vida Selvagem Urbana", por Laurent Geslin
18h45 -  "Rewilding Europe", por Staffan Windstrand        
19h30 - FIM
20h – Convívio e prova de produtos regionais / jantar (sujeito a alteração)
 Mercado Municipal
 
28 JANEIRO
10h30 - "Historias por detrás da imagem", Prémios GENERG
Cineteatro João Ribeiro
11h15 - "O Diabo e a Luz", por Marco Santos Marques
11h45 - Intervalo
12h25 - “Cumplicidade” por Ricardo Lourenço
13h – Almoço
14h30 – "Grupo do Risco", por Pedro Salgado
15h15 – "Wild Wonders of China", por Staffan Windstrand   
15h45 - Intervalo
16h30 – "Lince Europeu", por Laurent Geslin
17h10 – "Lapónia", por Orsolya e Erlend Haarberg
18h - Encerramento
 

Mensagens populares