Novidades Musicais



THE KOOKS CONFIRMADOS DIA 13 DE JULHO NO NOS ALIVE'18

A banda britânica sobe ao Palco NOS para apresentar o seu novo trabalho “The Best of... So Far” no mesmo dia dos já anunciados, Queens of the Stone Age, The National, e Two Door Cinema Club.


Logo com o seu primeiro álbum “Inside in/Inside Out”, The Kooks subiram ao topo das tabelas britânicas e conquistaram a crítica. Músicas como "You Don't Love Me", "Naïve", e "She Moves in Her Own Way" tornaram-se clássicos instantâneos alcançando enorme sucesso por toda a Europa.


Nesse mesmo ano, venceram o prémio “Best Uk & Ireland Act” nos MTV Europe Music Awards e foram nomeados para os Brit Awards.


A banda de Brighton conta já com quatro álbuns. E o mais recente “The Best of... So Far” vem assinalar o décimo aniversário da banda, reunindo todos os seus hits, desde o álbum de estreia.


OS MARMOZETS SOBEM AO PALCO SAGRES DO NOS ALIVE'18 DIA 14 DE JULHO


Os Marmozets são uma das mais recentes confirmações do NOS Alive’18. O quinteto britânico sobe ao Palco Sagres no dia 14 de julho, juntando-se a nomes como Perfume Genius, At the Drive-In, Real Estate e Mallu Magalhães.


A banda apresenta o segundo álbum "Knowing What You Know Now"  com os singles  de estreia "Play" e "Habits" lançados em 2017.


Apontados como a grande revelação no Reino Unido com o álbum de estreia "The Weird and Wonderful Marmozets" em 2014, foram distinguidos pela Kerrang! com nota máxima. A Q Magazine afirmou que a estreia do grupo de Londres foi “impressionante e ambiciosa”, enquanto a Noisey destacou a vocalista Becca Macintyre como alguém que "poderia ser uma grande mudança para o rock britânico”.


LCD SOUNDSYSTEM ANUNCIAM TERCEIRA DATA NO COLISEU DE LISBOA COM CONCERTO DIA 21 DE JUNHO


Devido à elevada procura por parte do público, os LCD Soundsystem acabam de anunciar uma terceira data, com novo concerto agendado para dia 21 de junho no Coliseu de Lisboa.


Os LCD Soudsystem, liderados por James Murphy, trazem a Portugal a digressão de apresentação do tão aguardado quarto álbum de estúdio “American Dream”, editado no passado mês de setembro e sucessor de “This is Happening”, lançado em 2011. Os LCD Soundsystem vão subir ao palco do Coliseu de Lisboa em dose tripla, nos dias 19, 20 e 21 de junho.


A banda que rapidamente ganhou projeção mundial após o lançamento do disco de estreia homónimo em 2005, que incluía os temas “Daft Punk is Playing in My House”, “Losing My Edge” e “Movement”, é hoje um dos maiores ícones da música eletrónica em todo o mundo. Em 2007 os LCD Soundsystem lançaram o segundo álbum de estúdio, “Sound of Silver”, que rapidamente se tornou um gigante fenómeno junto dos fãs e da imprensa. “All My Friends”, um dos temas do disco, foi considerado pela revista Time uma das 10 melhores músicas do ano.


O terceiro disco da banda, “This is Happening”, editado em 2010, foi o primeiro a entrar no top 10 dos Estados Unidos e foi sucedido por uma massiva digressão mundial completamente esgotada em 2011, que terminou com um concerto no Madison Square Garden, onde anunciaram um interregno na sua carreira. Após cinco anos os LCD Soundsystem surpreenderam os fãs com a notícia do lançamento de um novo longa-duração e com a confirmação de uma digressão que conta com três noites na mais emblemática sala portuguesa.


PALCO CORETO BY ARRUADA APRESENTA ALINHAMENTO PARA DIA 13 DE JULHO COM AS MAIS PROEMINENTES VOZES FEMININAS NACIONAIS


O NOS Alive anunciou as primeiras confirmações para o Coreto by Arruada. Além de um alinhamento totalmente no feminino, está reservada também uma surpresa para um concerto surpresa durante o dia. Surma, Beatriz Pessoa, Minta & The Brook Trout e Bernardo são os nomes que compõem o cartaz do segundo dia, deste que é sem margem para dúvida um dos palcos mais carismáticos do festival.
Talento nacional que trabalha nas mais diversas formas musicais é o mote para o dia 13 de julho no Coreto by Arruada. Artistas que se destacam cada vez mais e que completam um cartaz para um dia que reserva uma novidade: concerto surpresa de um artista não anunciado e que tem tudo para ser fortemente falado.


SURMA
 Em dois anos e meio, Débora Umbelino levou o seu projecto solitário de exploração de sons, Surma, até sete países em mais de 150 concertos. Enquanto one woman band que domina teclas, voz, cordas, pedais e botões, e não se deixa ficar num género musical, Surma preparou o seu registo de estreia “Antwerpen” como se estivesse num laboratório, observando cada reação sonora de cada nota e de cada instrumento, criando a partir daí.


BEATRIZ PESSOA
O EP “Insects” apresentou Beatriz Pessoa. Canções delicadas de toada jazz com força jovial e feminina como o caso de “You Know”, o primeiro tema de avanço, que tem honras de estar presente na compilação Novos Talentos FNAC 2017. Apresentações em salas como a Casa da Música (Porto) e a presença em eventos de relevo um pouco por todo o País, reforçam que estamos perante um dos mais promissores talentos da música portuguesa.


MINTA & THE BROOK TROUT
Francisca Cortesão veste a pele de Minta há dez anos. "Slow", lançado no início de 2016, é o terceiro disco da banda e sucede à estreia homónima de 2009 e a "Olympia" (2012). O projecto a solo transformou-se entretanto em banda, no coração da qual estão as canções sucintas de Francisca Cortesão e os arranjos minimais de Mariana Ricardo. Em torno deste duo, em gravações e concertos, tem girado um elenco de músicos variado, tanto como membros de Brook Trout como enquanto convidados especiais.


BERNARDO
Nasceu em Londres mas cedo voltou para Portugal. Aos 17 regressou à base. Começou por tocar por tuta-e-meia para entreter o serão da malta dos pubs. Em 2014, foi descoberta pelo engenheiro de som de Phil Mazanera (Roxy Music), integrando mais tarde o seu álbum “The Sound of Blue”. Sónia Bernardo – mais conhecida por Bernardo – também chamou a atenção de Jools Holland, rosto bastante reconhecido da televisão britânica. Fez parte da sua digressão e, pelo meio, lançou o seu EP de estreia, “Tender”.


YO LA TENGO JUNTAM-SE AO CARTAZ DO NOS ALIVE'18 DIA 13 DE JULHO NO PALCO SAGRES


Yo La Tengo, a banda de Ira Kaplan, Georgia Hubley e James McNew, estão de regresso à estrada e têm passagem confirmada pelo NOS Alive’18, dia 13 de julho no Palco Sagres. Esta é a primeira digressão europeia da banda desde o lançamento do último álbum de estúdio, Stuff Like That There, editado em 2015.


O trio, que é hoje uma das mais queridas e respeitadas bandas norte americanas, conta com mais de três décadas irrepreensíveis de carreira, que reúne 14 discos de sucesso. Os Yo La Tengo foram ainda mais longe e não se ficaram apenas pelos temas originais, tendo arriscado num forte reportório de covers de alguns dos maiores êxitos mundiais, com temas de artistas como Hank Williams, The Parliaments, The Ramones, Sun Ra, Randy Newman, The Cure, entre muitos outros. Apesar do massivo êxito alcançado, continua hoje a ser apelidada como “a banda de culto e da crítica por excelência”.


 



Mensagens populares