Hoje os Míscaros Deixaram o Fundão e Desceram à Capital

Já repararam que os míscaros ligam maravilhosamente bem com o outono? Os sabores quentes, perfeitos para esta época, conjugam-se com os tons terra deste produto magnífico e versátil dando origem a momentos de verdadeiro prazer quando os degustamos.
Mas os míscaros já foram mais longe e são agora mote para um festival muito especial. Para quem não conhece, Míscaros, Festival de Cogumelos surgiu no Fundão com o intuito de explorar o forte património fúngico do país com mais de 300 espécies, entre as quais se destacam os míscaros que nascem nas encostas da Serra da Gardunha.
Entre os dias 17 e 19 de novembro, na aldeia do Alcaide, os visitantes poderão aproveitar os passeios micológicos e maravilharem-se com a natureza envolvente da encosta da Gardunha, degustar diferentes formas de confeção de cogumelos e outras especialidades da região nas tasquinhas típicas especialmente preparadas na aldeia.
Do programa da nona edição, o destaque vai para a gastronomia micótica regional, os live cookings com João Mata (2º classificado do concurso Masterchef) e Miguel Gameiro (vocalista da Banda Pólo Norte) e os chefs Mário Rui Ramos, Joe Best, Duarte Batista, Henrique Mouro e Filipe Brito, os passeios micológicos, a animação de rua, as tasquinhas, o mega almoço, o artesanato e o espaço para crianças. Este ano destaque ainda para o duelo de tachos que irá colocar frente a frente os chefs Joe Best e Duarte Batista e cozinheiros tradicionais para confecionar arroz de míscaros.
Mas existe muito mais para descobrir. Com um investimento que ronda os 40.000€ o festival que procura a valorização do interior do país, conta com a presença de milhares de visitantes que levam mais cor e alegria a esta região. Este é talvez o grande evento de inverno, na primavera é altura da grande Festa da Cereja…mas sobre essa festa escreveremos para o próximo ano.












Mensagens populares