Marselha não é só Euro 2016 – Parte II

Esta semana já escrevi sobre os museus, arte e cultura, a não perder, este verão em Marselha.
Hoje o tema é mais mundano, o destaque vai para as atividades ao ar livre e novos sítios para comer, dormir e conhecer, nesta bela cidade francesa.
Para começarem a pensar “fora da caixa”, que tal imaginar que Marselha debaixo de água pode ser uma grande surpresa? A primeira sugestão para atividades ao ar livre é um batismo de mergulho. Este batismo é realizado com um instrutor de mergulho qualificado e é a melhor forma para descobrir a flora e a fauna do leito do oceano das Calanques que costumavam ser filmadas pelo saudoso comandante Cousteau. O batismo de mergulho pode ser feito quem tenha mais de 8 anos, custa 65€ e realiza-se todos os dias até ao final de outubro, das 14h00 às 17h30. O ponto de encontro é às 13h30 no "Dune-Espace Beuchat ", 7 Port de la Pointe Rouge.
 
A outra sugestão é igualmente tentadora pois fazer um pouco de snorkeling pode ser uma experiencia inesquecível. Por aqui é possível descobrir o leito do oceano com um instrutor de mergulho qualificado e conhecer o surpreendente Arquipélago de Riou, somente com uma máscara de mergulho, snorkel e barbatanas. Esta experiencia está disponível até 30 de setembro, três vezes por dia (9h-12h30/ 13h30-16h30/16h30-19h30). Os adultos pagam 25€ e as crianças, com menos de 7 anos pagam 23€. O bilhete de família, valido para um adulto e uma criança custa 46€. Mais uma vez o ponto de encontro é o "Dune-Espace Beuchat ", 7 Port de la Pointe Rouge.
 
Por último, dentro das sugestões de desportos radicais, que tal uma voltinha de Kayak nos Calanques?  Penhascos, cavernas, aventuras no leito do mar e viagens a ilhas desabitadas podem transformar um dia banal num dia inesquecível. Recomendada para canoístas, esta experiencia no coração do prestigiado Parque Nacional Calanques realiza-se até 8 de outubro, de quarta a sábado. O ponto de encontro para dar inicio à aventura o Raskas Kayak - Auberge de Jeunesse Marseille Bonneveine Impasse du Docteur Bonfils. A tarifa mais reduzida para esta atividade 35€.
 
Para quem ficou cansado, só de imaginar tanta agitação, ficam agora sugestões mais calmas, recomendadas Turismo desta cidade.
“Albertine” é o novo restaurante guiado por Gerald Passedat, localizado no coração de docas de Marselha. O nome deste espaço é uma homenagem à mãe do chef e foi concebido como um prelúdio para a haute cuisine mas a um preço mais acessível. O “Albertine” encerra aos domingos.
 
A outra sugestão de novos espaços a experimentar é o “Epicerie L'Ideal”. Julia Sammut, ex-jornalista gastronómica e filha do chef Reine Sammut, abriu sua loja de comida mediterrânea em Noailles, o seu distrito favorito em Marselha. Ela propõe produtos " simples e frescos " mas também é possível saborear sanduíches, saladas, num magnífico terraço, a saborear uns belos banhos de sol. O “Epicerie L'Ideal encerra ao domingo e segunda-feira.
 
Para finalizar, a sugestão de um novo hotel na cidade. Chama-se “Golden Tulip” e fica localizado nas docas, no coração da nova Marselha. O Hotel Golden Tulip Marseille está equipado com um terraço com vista sobre a CMA CGM torre e o edifício Silo, um restaurante, uma piscina coberta, um spa e um ginásio. O conhecido arquiteto italiano Massimiliano Fuksas concebeu este hotel como se fosse um navio de cruzeiro.

Mensagens populares