Noticias vindas do lado da música


A ligação da música ao apoio social tem sido pouco dinamizada contudo merece toda a nossa atenção. Um exemplo disso são a Everything is New e a A CASES que este ano reforçam a sua parceria e pelo 3.º ano consecutivo abrem candidaturas às Bolsas ES Jovem / NOS Alive.

Para quem não está familiarizado com o projeto, à semelhança da edição anterior, serão atribuídas duas Bolsas ES JOVEM / NOS ALIVE, cujo objetivo é apoiar dois projetos inovadores e sustentáveis na área da economia social. A cada um dos projetos vencedores será atribuído um valor de 5.000,00€ e apoio técnico.

A esta iniciativa podem candidatar-se jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos. O período de candidaturas para as Bolsas ES JOVEM / NOS ALIVE encontra-se em vigor até dia 19 de junho de 2016.

 
(Foto: Everything Is New)


Continuando ainda no Passeio Marítimo de Algés, a 10.ª edição do Festival Nos Alive conta com mais uma confirmação. L.A., Luis Albert Segura, vai subir ao Palco Heineken dia 07 de julho para apresentar o seu mais recente album de originais “From The City To The Ocean Side”, editado em maio de 2015.

O quarto longo duração do artista maiorquino foi gravado e misturado nos estúdios Tackyland, em Los Angeles, na Califórnia. Luis A. Segura juntou forças com os músicos Americanos Kyle Krone e Matt Wignall, que não só produziram o disco, como também colaboraram na composição das letras, da imagem e dos videoclips dos primeiros singles apresentados, “Secrets Undone” e “Love Comes Around”.

A banda está estabelecida na bonita ilha de maiorca Maiorca, mas foi na Califórnia onde Luis encontrou inspiração. L.A. foi responsável pela abertura de concertos como Arcade Fire, New Order, Placebo, Muse, Franz Ferdinand ou Muse.

L.A é acompanhado em palco por Pep Mulet (guitarra), Ángel Cubero (baixo) and Dimas Frías (bateria).


 

(Foto: Everything Is New)


Por fim, a última novidade em destaque por agora é Damien Rice que tem passagem marcada por Portugal com duas datas, dia 12 de julho atua na Casa da Música e 13 de julho no Coliseu de Lisboa. Na bagagem, Damien Rice traz “My Favourite Faded Fantasy”, o seu mais recente trabalho de originais.

“My Favourite Faded Fantasy” é o resultado de uma introspeção de oito anos, onde Damien Rice se reencontrou. Confrontado pelas suas próprias aporias sobre felicidade, sucesso e escrever música, Damien Rice fez apenas duas malas e começou a viajar interruptamente, nunca ficando muito tempo no mesmo sítio. A Islândia foi o lugar que mais inspirou este último álbum, “apaixonei-me pela Islândia” confessa Damien Rice. Mas foi quando chegou a Los Angeles, e começou a trabalhar com o super-produtor Rick Rubin, que Damien Rice começou definitivamente a gravar “My Favorite Faded Fantasy”.

Na Casa da Música e no Coliseu de Lisboa, Damien Rice vai partilhar com público toda a aprendizagem destes últimos anos que se materializaram em canções, que o próprio músico apelida de honestas. Os bilhetes para os concertos em Lisboa e Porto já estão disponíveis para compra nos locais habituais.

 

Mensagens populares