Ciclo Turismo em França - Lourdes vive o ano Jubilar



No âmbito da apresentação Mediatour Francia 2016, vale a pena apresentar um pouco do que será Lourdes este ano.

Lourdes, local de profunda espiritualidade localizado em França, recebe todos os anos mais de 6 milhões de visitantes de várias nacionalidades. Foi decidido que para facilitar a circulação de visitantes bem como para dar um carácter universal ao santuário religioso se iria desenvolver um grande projeto de remodelação da zona.

Esta localidade afirmou-se no mundo religioso devido às aparições da Virgem Maria, tudo terá começado em 1858 quando Bernadette viu a Virgem Maria 18 vezes na Gruta.

Desde essa altura que toda a estrutura tem vindo a evoluir de acordo com as espectativas dos peregrinos, assim, foi recentemente decidido que era importante que no futuro a estrutura se assemelhasse mais ao seu estado natural inicial, tendo sido lançado por Mons um grande projeto de remodelação da Gruta. De entre essas numerosas alterações destaque para que venha a ser possível haver uma melhor circulação de visitantes, incentivar o silêncio e isolamento na Gruta e conceder uma maior harmonia a todo o espaço. Para quem já conhece e levantando um pouco o véu, as fontes irão mudar de local de forma a criar um novo espaço consagrado à importância da água. Também a Gruta sofrerá varias reformas, bem como o espaço atribuído às velas, com novos queimadores, mobiliário, entre outras novidades. Haverá ainda uma segunda sacristia, bem como um espaço verde entre o átrio da Gruta e as arcadas.

 Para este ano estão previstas duas novas rotas turísticas da cidade, uma delas é designada por “Lourdes evocação da Idade Média”. A evocação de Lourdes na Idade Média é em simultâneo uma viagem histórica que lembrará a cidade medieval de Lorda, antigo nome de Lourdes, protegida por duas linhas de fortificações com doze torres e a casa dos condes de Bigorra que existe desde o séc. XI e os painéis ilustrados que representam uma retrospetiva nesta Lourdes medieval. Este circuito levará os visitantes numa viagem no tempo, até vários seculos atrás, podendo o circuito que inclui onze pontos de interesse, ser feito numa hora.

A outra rota turística da cidade é o “Caminho de Vida de Bernadette”. O Modo de vida de Bernadette serve para apresentar a pequena cidade de Lourdes com toda a sua vivência histórica e social, antes, durante e após o contexto das aparições de 1858. Desde o sec. XIX e até aos dias de hoje, o visitante conhece a evolução da cidade e suas transformações que foram necessárias realizar para Lourdes poder acolher as multidões que procuram este retiro religioso todos os anos.

Este itinerário revela, através de painéis ilustrados, a cidade mariana, como era na altura em que viveu Bernadette. Este caminho pode fazer-se numa hora e inclui diversos pontos de interesses turístico.

 Desde 8 de dezembro de 2015 até 20 de novembro de 2016, o santuário de Lourdes irá viver o Jubileu de Misericórdia

Desde as Aparições da Virgem Maria em 1858, milhões de peregrinos afluem para Lourdes. A cidade tem sido procurada por Santos, Papas, personalidades de todos os países mas também pessoas simples e pessoas doentes. É a fé que os move, que leva as pessoas a questionarem sobre o significado de suas vidas, levando-as a caminhar até Lourdes, navegar pelos mares, viajar de avião, comboio ou autocarro.

O Santuário de Lourdes é assim um lugar de destaque no mundo católico, onde os visitantes procuram a reconciliação, a consideração e a alegria. O Jubileu Misericórdia em Lourdes vai ser a ocasião para milhões de peregrinos se reencontrarem, havendo assim a espectativa de uma grande afluência turística a esta região durante este ano.


Comentários