Neve - entre a sedução da aventura e a dureza das pistas



Com a chegada das primeiras chuvas começamos a pensar noutras opções para uns dias bem passados.

Quem opta por umas férias na neve muito provavelmente está inserido numa destas hipóteses: a preparar-se para passar rapidamente das delícias da imaginação para a dura realidade no terreno ou simplesmente é alguém que não se consegue imaginar sem uns skis nos pés.

A neve é um produto turístico que ou se ama ou se passa bem sem a experiencia, no entanto, ninguém se deveria atrever a dizer que não a uma ciência que de facto desconhece.


 
Para um leigo na matéria, ainda mais se for mulher, a grande emoção começa sem dúvida quando se começa a preparar a viagem. O equipamento de neve é imprescindível, ou seja, ninguém inicia uma aventura destas sem ter um casaco, umas calças, luvas, agasalhos para a cabeça e umas botas de neve. O investimento inicial pode ir do razoável ao muito elevado mas estas peças são imprescindíveis durante toda a estadia. De resto, pouco mais precisa, a roupa que se usa por baixo do equipamento deve ser simples e as botas vão ser a companhia inseparável durante todos estes dias. Quanto a saídas noturnas, existe oferta mas o mais provável é chegar ao fim do dia tão cansado que só lhe apetece um bom banho quente e cama.


 

O ambiente nas estâncias é jovem e animado, prepare-se para ver molhos de crianças pequenas, sozinhas com o treinador, em grupos que enchem os teleféricos de barulho saudável e a descerem pelas pistas como se tivessem asas. Bem, de facto elas nasceram com skis nos pés uma vez que os pais, mal os filhos começam a andar, colocam-lhes skis e levam-nos a viver as suas primeiras experiencias radicais.


 

No entanto, e mais uma vez, se nunca experimentou, não se deixe enganar pelas caras angelicas destas inocentes crianças e pelo seu sorriso de pura felicidade porque o mais certo é mal chegar ao fim do primeiro dia e começar o segundo completamente dorido, entanto eles se comportam como se nada fosse. Respire fundo e concentre-se na aula, é mais simples assim!

O início não é fácil, não desista porque a vitória vai compensar. Mas no início as botas dos skis vão deixar os tornozelos negros e doridos (por mais fortes que sejam as meias que tem por baixo) e as quedas constantes vão deixar uma sensação de impotência que o podem levar muito rapidamente a deixar as pistas e optar pelo café mais próximo. Resista, esta é uma oportunidade única e quando conseguir ser independente, largar o medo e deixar-se levar, vai ver que compensa tudo o que viveu até ali.  

Estas fotos foram tiradas nos Alpes franceses, mais propriamente em Saint-Lary, uma das estâncias com mais procura por portugueses e espanhóis. Localizada entre os Pirenéus e o Vale de Aure, Saint-Lary Soulan conta com um dos maiores domínios esquiáveis dos Pirenéus franceses. Saindo de Portugal, a melhor forma de chegar é ir até Toulouse de avião e depois de autocarro até Saint-Lary.

 
De acordo com o site rendezvousenfrance, por aqui existe 1 Estância com 3 sectores ligados: Pla d´Adet (1700); Espiaube (1900); Vallon du Portet (2400); 100 km de pistas para todos os tipos de desportos de inverno; 275 canhões de neve (45% do domínio coberto por neve artificial); 31 meios mecânicos; 56 pistas de esqui: 7 verdes, 26 azuis, 14 vermelhas e 9 negras; 5 espaços de deslizamento e Espaço crianças - principiantes. A estância de Saint-Lary conta com 2 elevadores para chegar às pistas e poder desfrutar em pleno destes desportos de inverno.

Em Saint-Lary village, uma pequena vila muito simpática com as pistas a cerca de 8 minutos e onde as termas são outro do polo de atração bastante interessante e que vale a pena descobrir e desfrutar, existe ainda pequeno comércio variado com lojas, pequenos cafés restaurantes e uma discoteca. A oferta de comida é apropriada ao esforço físico exercido durante o dia com muita carne e fondue de queijo como principais opções.
 


 

Excelente local para umas férias em família estão disponíveis as opções de ficar num hotel ou alugar uma residência, podendo esta ser a melhor opção quando se viaja com toda a família ou com um grupo grande de amigos.

 


Comentários